Connect with us

Guia de Acesso ao Ensino Superior

“No desporto encontrarão o bem-estar físico e psicológico que tanto procuram para o sucesso do vosso percurso académico”

Publicado há

em

O Ensino Superior está aí à porta e para além de exames, estudo, também terás a oportunidade de praticar uma ou várias modalidades desportivas! Para te ajudar a perceber de que forma isso será possível, falámos com André Reis, Presidente da Federação Académica do Desporto Universitário (FADU), que te explica quais as modalidades que podes encontrar, os estatutos disponíveis para atletas, a a importância de conciliar os estudos superiores com uma carreira desportiva, e muito mais!

Quais foram as principais preocupações para a FADU, enquanto representante do desporto universitário, face a esta pandemia?

Em contexto de pandemia, naturalmente que a primeira grande preocupação foi garantir a segurança de todos os agentes envolvidos nas nossas competições. O movimento desportivo – e a FADU não foi exceção – foi absolutamente
irrepreensível, tendo sido dos primeiros setores da sociedade a fechar portas. Mais tarde, sendo também uma realidade que a pandemia estaria para durar nas nossas vidas, surgiu-nos uma nova preocupação: garantir que esta geração de estudantes do Ensino Superior, mesmo num contexto muito adverso e difícil, teria a oportunidade de participar em competições desportivas universitárias e de vestirem a camisola dos seus clubes.

Pela impossibilidade de contacto físico, as competições universitárias e a prática das modalidades ficaram suspensas. De que forma isso afetou os estudantes e como a FADU reagiu perante esta decisão?

O cancelamento de todas as nossas competições, na época desportiva anterior, gerou um sentimento de grande tristeza e inquietação nos estudantes-atletas. É preciso perceber que para muitos destes estudantes-atletas seria, porventura, a última oportunidade de participarem num campeonato nacional universitário; falo essencialmente de estudantes finalistas. A nossa reação foi muito simples: reunir as condições necessárias para que, assim que as autoridades permitissem, regressássemos com as nossas competições, cumprindo escrupulosamente todas as normas e orientações em vigor.

De que forma o desporto pode influenciar a saúde física e mental dos estudantes? Poderá o desporto contribuir de alguma forma para o sucesso académico?

Os benefícios da prática desportiva e de atividade física são públicos: melhora a capacidade de raciocínio e de memória, faz bem à circulação sanguínea, previne o excesso de peso e a obesidade, eleva a autoestima e cria espírito de superação e sacrifício. Todos estes fatores são essenciais para o sucesso académico dos estudantes, com maior impacto no Ensino Superior, onde a exigência é maior que nos outros níveis de ensino.

Qual a importância de conciliar os estudos superiores com uma carreira desportiva?
O mundo está cada vez mais competitivo e, nesse contexto, naturalmente que as pessoas mais qualificadas têm maior
probabilidade de atingirem postos de trabalho com níveis remuneratórios mais altos. A par disso, temos que ter
consciência que a carreira desportiva de um atleta não é constante. O nosso corpo, a partir de uma determinada idade, deixa de dar as respostas necessárias para nos mantermos em alta competição. Simultaneamente, a percentagem de atletas que conseguem tornar-se profissionais é muito reduzida. Não é possível, para a esmagadora maioria dos atletas, viverem única e exclusivamente dos rendimentos financeiros gerados pela sua prática desportiva. Por tudo isto, conciliar a carreira desportiva com os estudos superiores é extremamente importante
e, felizmente, cada vez mais esta é uma realidade a nível nacional e internacional.

Quais são as modalidades existentes atualmente no desporto universitário e como pode um estudante começar a praticar uma delas?

Atualmente a FADU tem um universo de cerca de 50 modalidades, entre coletivas e individuais, e atribui mais de 300 títulos de campeão nacional universitário. Com as condicionantes trazidas pela pandemia de COVID-19, esta época temos ajustado o nosso calendário para que consigamos realizar o máximo de competições possíveis. Os estudantes que queiram entrar neste universo do desporto universitário deverão em primeiro lugar informar-se junto do seu clube FADU (Associação Académica, Associação de Estudantes ou Instituição de Ensino Superior) das possibilidades de participação na ou nas modalidades que lhes interessarem, e têm também ao dispor os contactos da FADU no nosso site oficial, para esclarecer eventuais dúvidas.

Que competições universitárias estão em vigor nos dias de hoje e qual a logística que tem de existir, devido à pandemia?

O calendário da atual época desportiva está ainda em aberto, tendo já realizado Campeonatos Nacionais Universitários de badminton, ténis de mesa, xadrez, ténis, karting, atletismo pista coberta, canoagem e remo. Estão já calendarizados os de surf, bodyboard, triatlo, atletismo pista ar livre, ginástica artística, ciclismo de estrada e rugby 7, e a decorrer em maio e junho os apuramentos nas modalidades coletivas de futebol, basquetebol, voleibol, futsal e andebol. Devido à pandemia temos planos de contingência em vigor, quer pela FADU quer pela instalação desportiva onde é realizada cada prova e que podem ser consultados no portal da FADU.

Que condições e regimes têm à disposição os estudantes que praticam desporto universitário?

Estatuto Estudante-Atleta, Lei 2019…(prioridade na escolha dos horários e turmas, possibilidade de adiamento da apresentação de trabalhos, alteração dos momentos de avaliação, possibilidade de realização de exames na época especial) Bolsas/Prémios de Mérito Desportivos, em algumas IES, com reduções/isenções do valor da propina, apoio ao alojamento e alimentação.
Estatuto de Atleta de Alta Competição (dá condições especiais de acesso ao Ensino Superior, nomeadamente possibilidade de se matricularem e inscreverem em qualquer curso superior, mediante mera comprovação da conclusão de um curso de ensino secundário ou de habilitação legalmente equivalente e da realização das provas de ingresso respetivas, com a obtenção das classificações mínimas fixadas pelos estabelecimentos de Ensino Superior para as provas de ingresso e para nota de candidatura no âmbito do regime geral de acesso).

É possível praticar uma modalidade desportiva sem ter obrigatoriedade de participar nas competições universitárias?

Sim, vários clubes e instituições de Ensino Superior promovem programas de atividade física e desporto informal, dirigidos a toda a comunidade académica, com o objetivo de manter as pessoas ativas e com hábitos de vida saudáveis. Esta é uma área cada vez mais valorizada no seio do Ensino Superior, porque é efetivamente por esta
via que se consegue massificar a prática desportiva e de atividade física.

Enquanto presidente, consideras seguro participar nos campeonatos universitários?

Sim, aliás, posso garantir que até ao momento não há conhecimento de nenhum surto que tenha surgido em contexto de realização dos nossos campeonatos nacionais universitários. Todas as nossas competições são organizadas em estreito cumprimento das regras e normas publicadas pela Direção-Geral da Saúde, com planos de contingência e regulamentos específicos publicados para todas as provas.

Que mensagem podes deixar, a um estudante que pretenda ingressar pela primeira vez no desporto universitário?

Uma mensagem óbvia: participem nas atividades extracurriculares que as Instituições de Ensino Superior oferecem e, claro, que a preferência sejam as atividades desportivas! No desporto encontrarão o bem-estar físico e psicológico que tanto procuram para o sucesso do vosso percurso académico. No desporto promoverão o conceito de universidade aberta, universal e inclusiva, onde as origens étnicas, culturais, religiosas ou socioeconómicas, nunca constituirão uma barreira

Publicidade
Clica para comentar

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Publicidade

Artigos recentes

Publicidade

Noticias

Publicidade