Connect with us

Guia de Acesso ao Ensino Superior

Uma janela de oportunidade para o futuro

Publicado há

em

É assim que Mónica Silva olha para o contacto com as empresas, através do seu estágio. A experiência profissional e o desenvolvimento das suas capacidades técnicas e pedagógicas são fatores que, a seu ver, a deixam melhor preparada para responder às exigências do mercado de trabalho.

ESTAGIARIO_EDUCACAO_FISICA_DESPORTO_ARTES_ESPETACULONome: Mónica Silva
Empresa e Atividade: Estagiária na empresa Matriz E6G – Fundão
Formação: Mestrado em Exercício e Saúde na Universidade da Beira Interior

Como surgiu a oportunidade de fazer este estágio?
O objetivo principal da Matriz E6G passa por capacitar a população infantil, juvenil e adulta da cidade do Fundão, envolvendo-os na criação de respostas que contribuam para o desenvolvimento comunitário e promoção de projetos de vida pessoais e comunitários satisfatórios, através da implementação de estratégias apoiadas em redes de parcerias, suscetíveis de criar dinâmicas empreendedoras que promovam a autonomia e a inclusão social da população envolvida.
A oportunidade de integrar este estágio surgiu pelo gosto de trabalhar com este tipo de população, um trabalho que é necessário para a realização da tese desenvolvida no segundo ano de mestrado.

“No mercado de trabalho vão encontrar a exigência de uma maior responsabilidade, profissionalismo e adaptabilidade em relação a diversos contextos de trabalho.”

Tendo em conta o teu curso, que mais-valias traz o contacto com as empresas? E no teu mestrado, concretamente, o que destacas neste aspeto?
O contacto com este tipo de empresas ao longo do curso e do mestrado permitiu-me adquirir experiência profissional, e desenvolver capacidades técnicas e pedagógicas na área em questão, podendo abrir janelas de oportunidade para o futuro.

O que é que aprendeste na tua licenciatura que se revelou fundamental para esta relação com o mercado de trabalho? E o que aprendeste no mestrado que não aprendeste no curso?
Na licenciatura são estudadas e conhecidas as bases para trabalhar em diversas áreas, relacionadas com Ciências do Desporto, enquanto que no mestrado aprofundamos os nossos conhecimentos numa área especifica, na qual nos identifiquemos mais. Desta forma, o estágio realizado na licenciatura permitiu-me descobrir a área que gostaria de explorar, e após este estágio tive a oportunidade de realizar um mestrado, com o intuito de adquirir conhecimentos aprofundados acerca dessa mesma área, de forma a preparar-me para o mercado de trabalho.


Em teu entender, do que precisa um jovem na transição da universidade para o mercado de trabalho?
Na minha opinião, a junção de todas estas valências são fundamentais para iniciar o mercado de trabalho. Todas elas são complementares entre si.

Que desafios vão encontrar no mundo profissional, que não conheciam do mundo académico?
A exigência de uma maior responsabilidade, profissionalismo e adaptabilidade em relação a diversos contextos de trabalho.

[Foto: cedida pela entrevistada]

Publicidade
Clica para comentar

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Publicidade

Artigos recentes

Publicidade

Noticias

Publicidade