Connect with us

Guia de Acesso ao Ensino Superior

Foco nos objetivos

Publicado há

em

Tiago Venâncio foi atleta de alta competição, e é com o mesmo espírito que encara a sua formação na área do Desporto. Para ele, a definição de objetivos e o esforço para os atingir são essenciais, não só para tirar um curso superior, como também para o resto da vida.

ALUNO_EDUCACAO_FISICA_DESPORTO_ARTES_ESPETACULONome: Tiago Venâncio
Universidade/Faculdade: Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal
Curso/Ano: 2º ano de Desporto
Objetivo Profissional: Trabalhar na área da Gestão do Desporto

Porque é que escolheste esta área de formação? Que planos tens para o futuro?
A escolha desta área de formação foi simples, e ocorreu no seguimento do meu percurso desportivo, no qual estive inserido como atleta de alta competição durante mais de 12 anos. No que diz respeito a objetivos/planos de futuro, eles passarão pelas áreas da Gestão do Desporto, da promoção do Olimpismo e da divulgação e promoção da prática do desporto a nível dos municípios.

“Ao contrário do que muita gente pensa, o curso de Desporto não é só dar uns pontapés numa bola… É uma área de formação complexa, que abrange um pouco de todas as outras áreas de intervenção.”

O que muda do Ensino Secundário para o Ensino Superior?
Na minha opinião, a principal diferença é, desde logo, a carga horária maior, com aulas de manhã à noite. E ao contrário do que muita gente pensa, o curso de Desporto não é só dar uns pontapés numa bola, corridas e afins… É uma área de formação complexa, que abrange um pouco de todas as outras áreas de intervenção, tornando-se assim num curso bastante completo.

O que precisaste de fazer para te adaptares ao mundo universitário? Quais foram as grandes diferenças que encontraste face ao secundário?
Sendo trabalhador estudante, a maior dificuldade que tive foi a conjugação da carga letiva com a carga de trabalho, com a obrigação de gerir o tempo da melhor possível, aproveitando ao máximo os tempos livres para adiantar a parte académica.

Que qualidades e competências consideras essenciais para ter sucesso na universidade?
A meu ver, o mais importante, não só para ter sucesso na universidade como também para todo o percurso de vida, prende-se com o traçar de objetivos previamente definidos, e uma enorme dedicação e foco no cumprimento dos mesmos.

O que destacas no teu curso?
A Licenciatura em Desporto da Escola Superior de Educação do Politécnico de Setúbal é um curso com uma componente prática muito positiva, que nos prepara para as situações que vamos encontrar no mercado de trabalho. Nesse sentido, considero o laboratório de Desporto, e todo o material existente no mesmo, verdadeiras mais-valias para os alunos. De destacar, o profissionalismo, a disponibilidade e a experiência de todos os docentes de licenciatura nas áreas do Desporto, tornando assim o plano de estudos mais rico e completo.
Um facto interessante é a proximidade entre docente e aluno, sendo que já não somos tratados como alunos, mas sim como futuros profissionais da área, trazendo maior motivação para a exploração máxima das nossas capacidades.

Que conselhos podes dar aos jovens que estejam indecisos na escolha desta área de formação?
É verdade que o Ensino Superior nem sempre é comunicado da melhor forma, mas a realidade é que precisamos das ferramentas que nos são transmitidas. No entanto, um curso superior é sempre uma mais-valia, e é importante que não desanimemos com o panorama nacional de crise e de desemprego. Investirmos em nós próprios é sem dúvida algo muito importante, e a área de formação em Desporto é uma excelente opção que nos proporciona ferramentas chave ao longo da vida.

[Foto: cedida pelo entrevistado]

Publicidade
Clica para comentar

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Publicidade

Artigos recentes

Publicidade

Noticias

Publicidade