Connect with us

ADN Escolas

ADN da Escola Secundária José Gomes Ferreira

Publicado há

em

Imagem cedida pela entrevistada

Mais do que um Estabelecimento de Ensino, as Escolas são espaços onde se transmitem-se valores, cumprem-se missões sociais e humanas e partilha-se a esperança de um futuro mais risonho. Nesta edição da rubrica “ADN da tua Escola” fomos conhecer a Escola Secundária José Gomes Ferreira, ao falar com Rosária Alves, diretora da escola.

Enquanto Instituição de Ensino que forma jovens estudantes, quais os valores que considera serem fundamentais para serem transmitidos aos alunos do Ensino Secundário?

A missão do Agrupamento de Escolas de Benfica, desde o ensino pré-escolar ao secundário, visa a sua afirmação como uma organização aprendente, no sentido de promover um ambiente adequado à aquisição de conhecimentos, proporcionar aprendizagens de qualidade para alunos com diferentes caraterísticas e necessidades, promover a formação integral do aluno, assegurar respostas adequadas aos alunos, promover o desenvolvimento de competências exigidas pela sociedade atual. Com a finalidade de cumprir esta missão, os principais valores que defendemos centram-se no respeito, colaboração, responsabilidade pessoal e social, participação ativa e espírito crítico.

É também muito importante sermos exigentes, no trabalho que desenvolvemos com os alunos e no rigor que promove melhores aprendizagens.

Em termos de projetos escolares e atividades extracurriculares, quais são as apostas da Escola Secundária José Gomes Ferreira, para este ano letivo e os seguintes?

Durante estes dois anos escolares atípicos, infelizmente não houve oportunidade para desenvolver muitos dos projetos que temos em curso. Para o próximo ano, contamos retomar o curso normal da vida nas escolas e por isso dar continuidade aos projetos curriculares e extracurriculares, nomeadamente nas áreas da Cidadania, Ciências Experimentais, Robótica, Apicultura, Quinta Pedagógica, Eco Escolas, Comércio Justo, Modelismo, Fotografia e outros que se venham a revelar do interesse dos alunos.

Quais os projetos já concretizados pela escola que gostaria de destacar? Há prémios ou distinções que queira assinalar?

O Agrupamento de Escolas de Benfica desenvolve com os seus alunos e professores vários tipos de projetos. Os preferidos são os que se desenvolvem fora do ambiente normal da sala de aula. São os projetos que motivam os alunos e promovem o seu desenvolvimento enquanto pessoas responsáveis, seja qual for a área disciplinar a que estejam ligados. Para não correr o risco de me esquecer de algum, menciono apenas que são dezenas de projetos, nas mais variadas áreas disciplinares. Com alguns deles já tivemos a honra de receber prémios nacionais e internacionais.

Na oferta formativa da vossa escola constam cursos profissionais e científico-humanísticos. Quais são as vossas principais apostas formativas

Escola Secundária José Gomes Ferreira, ainda não tem cursos profissionais. Sabemos que será uma resposta que teremos de dar a curto prazo, no sentido de podermos ir ao encontro dos interesses de alguns jovens que atualmente frequentam a nossa escola e que acabam por sair no 9º ano à procura de respostas profissionais, noutros estabelecimentos de ensino.

Há alunos que já regressaram à escola, quais são as diferenças que podemos observar atualmente nas relações humanas entre professores e alunos?

Neste momento temos todos os alunos a frequentar a escola. Este é um momento de aprendizagem para todos. Para os alunos que estiveram muito tempo afastados da escola, das regras estabelecidas e dos seus pares e para os professores porque criaram elevadas espetativas no regresso dos alunos às aulas presenciais. Temos de encontrar um meio termo, responsabilizando os alunos por alguns comportamentos menos corretos que possam ter e por outro lado incentivando os professores a serem tolerantes. De facto, este é um cenário que se aplica a uma minoria da população escolar. Muitos são os alunos que estavam desejosos de regressar e que voltaram cheios de vontade de aprender, reaver os seus pares e ter os seus professores por perto.

Por último, que mensagem gostaria de deixar aos pais, pessoal não docente, professores e alunos, neste ano letivo atípico que agora está a terminar?

Este foi mais um ano difícil. Juntos conseguimos ultrapassar as adversidades e colocar a escola a funcionar num regime à distância e presencial. Sem as condições ideais, mas as possíveis, fizemos todos parte da solução, resolvendo problemas que julgávamos não conseguir resolver. Ficámos mais fortes. Crescemos profissionalmente e como pessoas.  Onde muitas vezes havia intolerância, passou a existir resiliência, ajuda e prontidão.

A todos os finalistas que terminam seu percurso no ensino secundário, desejo um futuro risonho no qual possam fazer valer o que aprenderam no AEB. Aos alunos que cá continuarão, desejo que descansem durante as férias que se avizinham, para podermos começar em força, o próximo ano letivo.

A todos os professores e colaboradores deste Agrupamento, um grande agradecimento pelo trabalho realizado, pelas dificuldades ultrapassadas e pelo profissionalismo, carinho e justiça com que sempre trataram os alunos.

Aos pais, um forte abraço pelo apoio prestado nas situações mais difíceis e pela busca de soluções encontradas em conjunto.

A todos deixo a promessa de que o próximo ano será mais risonho, solidário e profissional. Voltem com as baterias carregadas, porque temos muito que fazer acontecer!

Publicidade
Clica para comentar

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Publicidade

Artigos recentes

Publicidade

Noticias

Publicidade