Visite-nos em

Lazer & Cultura

Cinco motivos para visitares as Berlengas

Flávia Ramalho

Publicado há

em

A Reserva Natural das Berlengas é um dos locais que podes (e deves!) visitar, este verão! A Mais Educativa encontrou cinco motivos para te despertar o interesse sobre as pequenas ilhas que se encontram ao largo de Peniche.

Paisagem paradisíaca

Quando visitares as Ilhas das Berlengas vais aperceber-te de um ecossistema único no Mundo. As características das ilhas transportam-te para um lugar paradisíaco, embora estejas em Portugal. A Berlenga Grande – a principal e maior ilha do arquipélago – encontras uma praia pequen e paradisíaca, onde tudo se completa na perfeição: as rochas, a cor azul da água e a flora que vai dando algum verde à ilha. A paisagem começa a agradar desde o momento em que entras no barco passando pela Berlenga Grande, Estrelas e Farilhões-Forcados.

Birdwatching

Não te assustes quando chegares à Berlenga Grande e encontrares algumas aves pousadas. De facto, o pequeno arquipélago é povoado por várias espécies, que podes observar na tua visita às Berlengas. Desde airos a gaivotas de pata amarela, passando por covo-marinho-de-crista, estas espécies vão fazer as tuas delícias se decidires fazer birdwatching.

Mergulho

Podes visitar as Berlengas e aproveitar para descobrir a “paisagem” de baixo de água. Esta é a melhor forma de explorares a biodiversidade do arquipélago das Berlengas. Cardumes de sagos, peixes-lua, salemas cor de prata e riscas amarelas, safias, polvos, estralas-do-mar são algumas das espécies que podes encontrar a 20 metros de perfundidade nas águas das Berlengas.

– Forte de São João Batista

A Fortaleza de S.João Baptista está localizada na Berlenga Grande e não podes visitar o pequeno arquipélago sem a descobrires. O edifício original deu origem ao Forte de S.João – a construção mais notável da ilha que esteve abandonada de 1847 e até ao século XX, quando se iniciaram os trabalhos de restauro que se iniciaram. É um edifício de arquitetura militar que não podes ignorar na tua visita.

– Caminhos pedestres

Para os turistas caminheiros: há dois percursos pedestres possíveis que vais querer percorrer com os teus ténis. O trilho da Berlenga leva-te, na ilha da Berlenga Grande, desde o Bairro dos Pescadores até ao Forte e passa pelo Farol. Enquanto o trilho da Ilha Velha te leva ao habitat das gaivotas. O primeiro é caracterizado pelas descidas e subidas acentuadas enquanto o segundo é mais fácil.

Estás convencido a visitar as Berlengas? Não te esqueças que ainda vais conseguir um conjunto de fotos muito boas para partilhares nas tuas redes sociais.

Sabe mais no site do Turismo do Centro de Portugal.

[Imagens: Turismo do Centro de Portugal]

Publicidade
Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *