Connect with us

A tua Revista

A Qualifica está de volta ao Porto!

Publicado há

em

Imagem cedida por: Qualifica

Com 2022 a poucos dias de distância, já se começam a anunciar os eventos que marcam a retoma da cultura e da normalidade que há muito se espera.

É já em março que volta a famosa feira de oportunidades Qualifica, este ano com o tema – “ECONOMIA CIRCULAR – PORQUE TUDO ACABA ONDE COMEÇA“. Fomos conversar com a responsável do evento, Amélia Estevão para saber quais as novidades que podemos esperar desta 13ª edição da feira. Vem conhecê-las também!

Depois de uma pausa em virtude da pandemia, quais as novidades planeadas para a 13ª edição da Qualifica?

O contexto pandémico teve sem dúvida um grande impacto no setor do ensino e do mundo profissional, gerando uma rápida evolução e surgimento de novas oportunidades. Por isso, mais do que nunca, a Qualifica pretende ser um observatório das novas tendências de educação e saídas profissionais, mostrando como as entidades se estão a adaptar a esta verdadeira revolução. Com o objetivo de apresentar as novidades do mundo do ensino e antecipar as prioridades de recrutamento das empresas para a próxima década, temos presentes na Qualifica cursos que vão desde Engenharia em Desenvolvimento de Jogos Digitais à Análise e Engenharia de Big Data, considerada a grande profissão do futuro, passando pelo Curso Especializado de Liderança e Gestão de Felicidade. Porque sabemos que a experiência internacional entra como valor acrescentado naquele que é um mercado laboral cada vez mais global, damos também a conhecer um leque variado de cursos com uma estratégia de internacionalização orientada para as novas saídas profissionais.

Temos, a título de exemplo, o ISAG, com um curso de Turismo adaptado à crescente procura no nosso país e com o programa “O ISAG Dá-te Mundo”, que tem já um total de 185 parcerias com universidades estrangeiras e a possibilidade de mobilidade em 4 continentes diferentes, ou o ISCAP, com o curso de Criatividade e Inovação Empresarial, que inclui um programa de mobilidade obrigatório incluído (parte do curso e estágio decorrem na Lituânia ou Estónia).

Uma das heranças do período pandémico é a evolução digital praticamente em todos os setores. Podemos esperar novidades a este nível nesta edição do evento?

Se há setor que foi marcado pela aceleração digital foi sem dúvida o ensino e o mercado laboral. Isso gera não só oportunidades a nível de e-learning e novos formatos de trabalho híbrido e remoto, como também a aposta em cursos e saídas profissionais orientadas para este novo mundo digital.

De acordo com o Fórum Económico Mundial, até 2030, entre 75% e 85% das profissões mais procuradas ainda não existem. Também a Qualifica se está a adaptar a este novo contexto digital, através da nova plataforma online, E+E Qualifica, que serve de complemento ao formato físico de exposição, otimizando a presença dos expositores e a experiência dos visitantes, antes, durante e após o evento. O objetivo é criar um ecossistema global do sector da educação e estreitar as relações entre visitantes e expositores. Abrem-se novas janelas de oportunidade, que acreditamos acrescentar valor e futuro ao modelo de organização da Qualifica.

Como estarão distribuídos os pavilhões, no que diz respeito a Instituições de Ensino Superior e Escolas Profissionais?

Uma vez mais, iremos setorizar a feira, com um pavilhão destinado ao ensino superior e outro destinado a escolas profissionais. Este modelo permite criar melhores condições para a visita, possibilitando aos jovens definir antecipadamente o seu circuito.

Qual a mais valia que a Qualifica representa para o futuro dos jovens que a visitam?

A Qualifica – Feira de Educação, Formação, Juventude e Emprego, tem-se assumido como a maior montra de ensino, formação e empregabilidade do país, dedicada aos mais jovens.

Assiste-se, entre os profissionais do futuro, a uma crescente preocupação com a aquisição de conhecimento e qualificações profissionais, aliada ao desenvolvimento pessoal, gestão da própria carreira e uma oferta cada vez maior de cursos de ensino. A grande mais valia é simplificar as escolhas académicas e profissionais, dando a conhecer, no mesmo espaço, um conjunto de oportunidades educativas e formativas adaptadas às necessidades do mercado laboral.

De modo a tirar o máximo proveito da visita à Qualifica, como pode um jovem planear a sua visita ao espaço?

O objetivo é ajudar os jovens que se encontram indecisos quanto à sua formação a encontrar os melhores caminhos para a sua prossecução, ou para o ingresso no mercado de trabalho, através de uma oferta alargada de propostas, tentando dessa forma adequá-la ao mundo empresarial.

A Qualifica tem demonstrado, ao longo destes doze anos, uma grande vitalidade e capacidade de antecipação das necessidades tanto do lado das empresas e instituições, como da parte dos jovens à procura de saídas profissionais consentâneas com o seu grau de formação.

Com o lançamento da plataforma digital E+E Qualifica, o jovem poderá antecipadamente navegar e explorar todas as entidades e empresas presentes na feira e comunicar com todos através de e-mail e ainda selecionar os programas com conteúdos, bem como vídeos e entrevistas de diversas entidades que lhe interessam.

O tema é a “economia circular” qual a razão para a escolha deste tema para a Qualifica 2022?

Com este tema pretendemos reforçar o debate, ser inspiradores, encorajar a mudança e acelerar a transição para uma ‘economia circular’, demostrando na prática como todos podemos contribuir. Tem como objetivo motivar os jovens para a transição das suas ações e comportamentos para um modelo económico circular, proporcionando-lhes os conhecimentos essenciais para introduzir uma estratégia de economia circular no seu modelo de vida. A ação é a melhor forma de educação, a prática diária, é a forma mais rápida para se obter resultados. É urgente preservar para assegurar o amanhã.

Quais as atividades que serão dinamizadas relacionadas com a economia circular?

Porque também queremos ser o barómetro das tendências profissionais e dar a conhecer as alterações no perfil do trabalhador, achamos que, com o mote desta edição – “Economia Circular – Porque Tudo Acaba Onde Começa” -, estamos a aliar as oportunidades de carreira e a criação de novas profissões a um sistema de produção e consumo mais sustentável. Para a partilha de boas práticas, estão convidadas várias empresas, como a To Good to Go, a primeira plataforma portuguesa online de combate ao desperdício alimentar.

Para além da forte e principal componente educativa, a Qualifica proporciona também momentos lúdicos aos seus visitantes. O que podem os jovens esperar na vertente lúdica nesta edição?

Contamos com a MXM (Maxmomentum) ArtCenter que apresenta em palco diversas performances de Danças Urbanas. Com a presença de Momentum Crew e artistas convidados de renome Nacional do panorama da dança atual. Iremos promover workshops, performances, espetáculos e muita animação com a energia e impacto da nova cultura urbana. Queremos despertar emoções e envolver os visitantes num ambiente de diversão e imaginação, onde todos os sonhos são possíveis.

Publicidade
Clica para comentar

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Publicidade

Artigos recentes

Publicidade

Noticias

Publicidade