Connect with us

A tua Revista

O Alojamento Universitário não tem de ser um bicho de sete cabeças

Publicado há

em

Imagens de Adobe Stock e Livensa Living
Anterior1 de 2
Utilize as teclas de cursor ← →

O ingresso no ensino superior aproxima-se e já deves ter uma lista de cursos em mente, entre os quais, alguns que te podem levar para longe de casa. Ganhar asas é um primeiro desafio, mas a experiência universitária numa outra cidade tem tudo para ser mais interessante.

Para quem vive fora dos grandes centros urbanos, ou gostaria de ingressar num curso que não está disponível perto da sua área de residência, o alojamento pode tornar-se num verdadeiro drama. Especialmente se considerarmos o aumento exponencial das rendas das casas, e tudo o que implica o arrendamento de um quarto: o processo longo e complexo, os preços elevados, o rol de contas para pagar, as fracas condições, ter de dividir casa de banho, cozinha e todas as restantes áreas comuns, gerir limpezas de casa e, por vezes, lidar com pessoas que não respeitam regras de convívio salutares, perturbando o teu descanso ou as tuas horas de estudo.

O aumento dos preços do alojamento universitário contribuiu para o incremento do número de pedidos de apoio aos Serviços de Ação Social da Universidade de Lisboa (SASULisboa), que tem como missão apoiar os estudantes deslocados, favorecendo a igualdade de oportunidades no acesso ao ensino superior e na frequência bem-sucedida na ULisboa.

Para apoiar os estudantes, os SASUL contam com 16 residências universitárias, distribuídas pelos vários Campi da ULisboa. No total são 1.282 camas distribuídas por 332 quartos duplos, 211 quartos individuais, 44 quartos triplos, dois quartos adaptados para pessoas com mobilidade reduzida e quatro apartamentos duplos. Cada residente tem direito a partilhar o quarto com acompanhante, desde que as tipologias disponíveis assim o permitam. Estas camas são destinadas a estudantes do 1º ciclo, 2º ciclo ou mestrado integrado da ULisboa e de outros programas de cooperação e de mobilidade. No ano letivo 2019/2020 foram 1.391 os estudantes alojados, desses 1.089 eram bolseiros. São várias as Instituições de Ensino Superior que disponibilizam opções de alojamento. Por isso, verifica no site da tua Instituição de Ensino quais as opções disponíveis.

(continua na página seguinte)

Anterior1 de 2
Utilize as teclas de cursor ← →

Publicidade
Clica para comentar

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Publicidade

Artigos recentes

Publicidade

Noticias

Publicidade