Connect with us

Guia de Acesso ao Ensino Superior

Estudar no interior? Porque não?

Publicado há

em

Se vais ingressar no Ensino Superior pela primeira vez, deves estar a pensar qual a faculdade a que te vais candidatar e, por isso, damos-te a conhecer um programa de mobilidade que pode pesar na hora da grande decisão.

O Programa +Superior existe desde o ano letivo 2014-2015, tendo como principal objetivo o incentivo e apoio da frequência do Ensino Superior em regiões do país onde a procura é mais diminuta e onde haja menor densidade populacional, contribuindo assim para a meta de coesão territorial que foi definida no Quadro Portugal 2020.

Basicamente, se fores estudar para regiões do país menos procuradas, recebes uma bolsa anualmente. O valor de cada bolsa individual do Programa +Superior é de 1700€. No caso dos estudantes que ingressam em Cursos Técnicos Superiores Profissionais, ou que entrem pelo concurso especial para maiores de 23 anos, a bolsa atribuída aumenta 15%,  fixando-se nos 1.955€.

Estão abrangidos pelo programa os cursos de formação inicial, isto é, cursos técnicos superiores profissionais,
licenciatura e mestrados integrados, nas respetivas instituições de Ensino Superior públicas, situadas nas regiões abrangidas pelo Programa.

Como apresento a minha candidatura?

> A candidatura é apresentada, exclusivamente, na Plataforma BeOn da Direção-Geral do Ensino Superior, utilizada para a apresentação de requerimento de atribuição de bolsa de estudo a estudantes do Ensino Superior.

Como posso obter as credenciais de acesso para concorrer à bolsa
de mobilidade +Superior?

> As credenciais para aceder à área associada ao Programa +Superior são as mesmas
utilizadas no processo de atribuição de bolsa de estudo. Estas podem ser solicitadas (código de utilizador e palavra-chave) aquando da candidatura ao Ensino Superior, ou nos Serviços de Ação Social da instituição de
Superior (após matrícula e inscrição).

Quais são as instituições abrangidas por este programa?

• Instituto Politécnico de Beja
• Instituto Politécnico de Bragança
• Instituto Politécnico de Castelo Branco
• Instituto Politécnico da Guarda
• Instituto Politécnico de Portalegre
• Instituto Politécnico de Santarém
• Instituto Politécnico de Tomar
• Instituto Politécnico de Viana do Castelo
• Instituto Politécnico de Viseu
• Universidade dos Açores
• Universidade do Algarve
• Universidade da Beira Interior
• Universidade de Évora
• Universidade da Madeira
• Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
• Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital do Instituto Politécnico de Coimbra

Quais são as condições que o aluno tem de obedecer para atribuição da Bolsa?

  • Ser colocado numa das instituições abrangidas e realizar a matrícula e inscrição na mesma;
  • Deve requerer uma Bolsa de Ação Social e ser-lhe atribuída;
  • Viver num concelho diferente da instituição de Ensino Superior em que se encontra matriculado e inscrito.

Qual o critério de seleção dos candidatos?

Se está a pensar em candidatar-te, deves saber que todos os estudantes que estiverem matriculados e inscritos nas instituições abrangidas pelo Programa +Superior, que tenham a solicitado a bolsa de mobilidade e que reúnam todas as condições de acesso, são seriados pela ordem crescente do rendimento per capita do agregado familiar.

Cabe à DGES a respetiva decisão  nal de atribuição de bolsas, sendo que, no caso de haver um empate entre rendimentos e só haver uma bolsa disponível, este órgão, disponibilizará quantas bolsas forem necessárias para resolver o empate.

 

De referir que em 2020 o Programa teve 2230 novas bolsas disponíveis, correspondendo a um aumento de 18% em relação ao ano anterior.

Publicidade
Clica para comentar

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Publicidade

Artigos recentes

Publicidade

Noticias

Publicidade