Connect with us

Desporto & Saúde

Vasco Ribeiro e Yolanda Hopkins vencem Allianz Figueira Pro

Joana Alves

Publicado há

em

Imagem: ansurfistas

Vasco Ribeiro e Yolanda Hopkins conquistaram, este domingo, o triunfo no Allianz Figueira Pro, a segunda de cinco etapas da Liga MEO Surf 2021, a principal prova de surf em Portugal e a que define os títulos de campeões nacionais.

Na prova masculina, Vasco Ribeiro —quatro vezes campeão nacional, bateu Guilherme Fonseca— surfista da Associação Sealand Santa Cruz, na final com score quase perfeito (19,00), terminando com uma nota máxima de 10 na sua última onda.

“Terminei com a cereja no topo do bolo”, começou por afirmar Vasco após a final. “O mar estava a ficar cada vez melhor. Ao início do dia era difícil encontrar as ondas boas, mas com o avançar do dia fui-me adaptando cada vez mais às condições. Foi a primeira vez que ganhei na Figueira da Foz, o que é sempre bom. Senti-me bem e vou tentar levar esta forma para o Porto e depois para todas as provas internacionais que se seguem. Vestir de amarelo é bom, mas é importante é ter a liderança no fim”, rematou o surfista que conseguiu fazer quatro dos cinco melhores scores masculinos do campeonato – todos acima de 15 pontos – e quatro das cinco melhores ondas masculinas – todas acima de 9 pontos.

Na prova feminina, a grande final foi marcada pela surfista Yolanda, que continuou a produzir um surf de grande nível, onde se destacou uma onda pontuada com 9,00.

A campeã nacional de 2019 dominou a final do início ao fim, garantindo, assim, um regresso vitorioso à Liga MEO Surf, depois de ter falhado a etapa da Ericeira. Foi o sexto triunfo de Yolanda Hopkins e o segundo na Figueira da Foz, repetindo o êxito de 2019.

“Foi um campeonato incrível”, começou por dizer Yolanda Hopkins. “A praia do Cabedelo não desiludiu, estiveram ondas incríveis. Foi uma boa opção não se ter feito ontem a prova feminina. Apesar de estar bem preparada para este tipo de condições, poderia ser um mar complicado para as mais jovens. E hoje acabaram por estar condições muito boas. Nem queria sair da água para poder continuar a surfar estas ondas. Esta foi uma boa vitória para me preparar para o Mundial ISA e atacar o sonho da qualificação olímpica”, frisou.

A Liga MEO Surf segue agora para o Norte do país, para as ondas do Porto e Matosinhos, onde de 7 a 9 de Maio se disputa o Joaquim Chaves Saúde Porto Pro. Os melhores surfistas nacionais vão chegar, assim, ao equador da Liga MEO Surf com Vasco Ribeiro e Carolina Mendes na liderança dos respetivos ranking e também na frente da Allianz Triple Crown, numa altura em que falta apenas a etapa de Sintra para decidir os campeões deste sub-troféu.

A nível televisivo, tendo presente a proibição de público nos termos legais, o Allianz Figueira Pro poderá ser acompanhado a partir de casa em direto na Sport TV, assim como nos restantes meios oficiais: facebook do MEO, na posição 810 da grelha de canais MEO, em ligameosurf.pt e redes sociais em @ansurfistas.

Resultados finais do Allianz Figueira Pro:
Final masculina: Vasco Ribeiro 19,00 x Guilherme Fonseca 13,05
Final feminina: Yolanda Hopkins 15,25 x Kika Veselko 13,25 x Carolina Mendes 12,15 x Mafalda Lopes 4,25
Go Chill Expression Session: Diogo Martins
Joaquim Chaves Saúde Best Wave: 10 pontos de Vasco Ribeiro, na final
Figueira Best Surfer: Ivo Cação e Natacha Vieira
Bom Petisco Girls Score: 16,30 pontos de Carolina Mendes, na ronda 2

Mais informações em www.ansurfistas.com

Publicidade
Clica para comentar

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Artigos recentes

Publicidade

Noticias

Publicidade