Connect with us

Escolas

Professores podem exigir câmara ligada de alunos durante ensino à distância

Publicado há

em

Imagem: unsplash/ J.Kelly Brito

Após duas semanas de pausa nas atividades letiva face à pandemia da covid-19, foi no dia 8 de fevereiro que se deu inicio às aulas online, como já havia acontecido no primeiro confinamento.

No entanto, há algumas diferenças neste regime de ensino à distância face ao vivido no ano passado.

Segundo o que Ministério da Educação revelou na quinta-feira passada à Agência Lusa, os professores podem obrigar os alunos a ter as Webcam ligadas durante as aulas online, contudo, as imagens não podem/devem ser divulgadas de forma alguma.

“De acordo com a Resolução do Conselho de Ministros e com pareceres da Comissão Nacional de Proteção de Dados, os professores podem exigir que as câmaras (Webcam) estejam ligadas, dado estar-se em contexto de sala de aula, não havendo divulgação de imagens”

Filinto Lima, residente da Associação Nacional de Diretores de Agrupamentos e Escolas Públicas (ANDAEP), referiu ainda que “Não ver os alunos, não perceber se estão motivados ou não, se estão a acompanhar o que estamos a dizer torna o trabalho do professor muito mais difícil”.

Esta medida veio no seguimento do passado ano letivo muitos docentes se terem queixado de estarem a “dar aulas para um ecrã negro” sem contacto visual , o que dificultava a tarefa de manter a turma interessada. Assim, os docentes podem agora exigir mais aos seus alunos.

De ressalvar que ainda não há data para a reabertura das escolas, contudo, o Governo tenciona retomar o ensino presencial logo que possível.

Publicidade
Clica para comentar

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *