Connect with us

Desporto & Saúde

Ordem dos Nutricionistas lança um guia para as escolas

Publicado há

em

Pixabay

O ano letivo 2020/2021 está quase a arrancar e para que as escolas consigam fornecer refeições saudáveis e seguras em tempos de pandemia COVID-19, a Ordem dos Médicos lançou um guia.

“Alimentação escolar em tempos de COVID-19” é o nome do guia que foi lançado pela Ordem dos Nutricionistas com o objetivo de pensar no arranque do próximo ano letivo que irá começar entre os dias 14 e 17 de setembro. As medidas estão em linha com as orientações gerais da Direção-Geral de Saúde, mas estão focadas nas cantinas das escola.

Existem várias medidas e entre elas está a distribuição de alunos e turmas por diferentes horários, o alargamento do período de almoço, a disponibilização de talheres e guardanapos de papel em saquetas individuais, a eliminação de jarros com água, e o desaconselhamento do uso de microondas partilhados, conforme é revelado num comunicado enviado às redações. Quanto ao uso de microondas, “caso se mantenha a sua utilização deve garantir-se a higienização do microondas após cada utilização”, afirma a Ordem dos Médicos.

O objetivo é que estas indicações sejam implementadas independentemente de os estabelecimentos permanecerem abertos ou ser decretado o seu encerramento, dado que as refeições escolares às crianças não devem ser descuradas, podendo até funcionar em regime de take-away.

“Poderemos passar por um período de grande instabilidade económica e financeira, que se pode traduzir em carência alimentar, pelo que a escola deve ter um papel ativo na identificação e controlo destas situações. Temos a obrigação de, agora mais do que nunca, cuidar das nossas crianças”, afirma Alexandra Bento, bastonária da Ordem dos Nutricionistas, em comunicado.

Publicidade
Clica para comentar

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Publicidade

Artigos recentes

Publicidade

Noticias

Publicidade