Visite-nos em

Novidades

Já começou a CASCAIS 2018 Capital Europeia da Juventude!

Publicado à

a

Começou ontem, com a cerimónia oficial de abertura, a CASCAIS 2018 Capital Europeia da Juventude. Ao longo deste ano, serão muitas as atividades feitas por e para os jovens, com o objetivo de os colocar no centro das decisões ao nível local e europeu.

Glocal Youth. Os jovens que fazem CASCAIS 2018
Às 15 horas do dia 23 de janeiro de 2018, centenas de jovens enchiam o Centro de Congressos do Estoril à espera do início oficial de um projeto que tem feito parte das suas vidas nos últimos dois anos. Atribuído a Cascais em 2015, o título de Capital Europeia da Juventude tem levado a vila, os seus responsáveis e os seus jovens a preparar este projeto desde então, num trabalho prévio que culminou ontem, na cerimónia de abertura oficial da CASCAIS 2018 Capital Europeia da Juventude.

Foi sob o mote “Glocal Youth” que arrancou esta iniciativa, que pretende combinar as dimensões local e global para levar os jovens a liderar um processo de transformação social. Para que isso possa ser uma realidade, a voz dos mais novos tem sido ouvida e vai continuar a sê-lo ao longo de 2018, com muitos dos jovens intervenientes a marcar presença na cerimónia de ontem.
Foi o caso de Pedro Barrocas, aluno da Escola Secundária da Cidadela, que esteve na primeira sessão da CASCAIS 2018 “há alguns meses”, onde “nós e alunos das outras escolas do concelho apresentámos ideias para este projeto”, contou-nos. A expetativa era, momentos antes do início da sessão, de “perceber um pouco melhor o que é que vai ser feito em 2018 em Cascais para os jovens”.

Martin Filipe é seu colega e foi uma das vozes ativas na preparação do programa da CASCAIS 2018 Capital Europeia da Juventude: “Sentimos que esta era uma oportunidade única para dar voz aos jovens de Cascais, e por isso propusemos a criação de uma Assembleia Jovem permanente, onde representantes de várias escolas pudessem apresentar e discutir novas ideias para tornar Cascais um concelho cada vez melhor.” Martin chegou ao Centro de Congressos do Estoril com a ideia de que “se Cascais 2018 for bem feito, nós jovens podemos sair disto mais lançados, e ter oportunidades que de outra forma não teríamos”.

A abertura de um ano inesquecível em Cascais
Começada a cerimónia de abertura, o embaixador João Paulo Sousa foi o anfitrião que, conforme explicou à Mais Educativa, procurou “fazer a ponte entre as chefias e quem vive em Cascais”. Por lá também passaram outras celebridades que se associaram a esta iniciativa, como o ator Lourenço Ortigão e os HMB, que também deram música a todos os presentes, incluindo o tema Isto é Cascais – o hino oficial da CASCAIS 2018 Capital Europeia da Juventude, com a ajuda do Coro do Conservatório de Música. No final, os HMB afirmaram-se “honrados por sermos embaixadores da CASCAIS 2018 Capital Europeia da Juventude, e fãs absolutos da vila. Cascais é o sítio perfeito para quem é jovem e se sente jovem”.

Entre os momentos proporcionados por estes convidados, aos quais se juntaram várias atuações musicais da Orquestra Sinfónica Juvenil, os responsáveis políticos explicaram a importância desta nomeação da cidade de Cascais. Catarina Marques Vieira tem o pelouro da Juventude na Câmara Municipal de Cascais e é a Comissária da CASCAIS 2018, e assegurou que o objetivo passa por “colocar os desafios dos jovens como problemas a superar. É isso que nos irá mover para que os jovens de Cascais se sintam parte de uma Europa de valores, cosmopolita e com propósito, onde da partilha e da interação surgirão oportunidades”.

Mais tarde, a Mais Educativa quis saber junto desta responsável como é, afinal, composto o programa de atividades. E de acordo com Catarina Marques Vieira, “são na prática os jovens quem escolhe as atividades que querem realizar aqui em Cascais. É essa a vantagem de sermos Capital Europeia da Juventude, porque este vai ser um ano inteiramente dedicado a eles e com um programa feito à medida deles. Se é uma exposição, uma atividade desportiva, um debate político, são eles quem decide e quem organiza. As 13 áreas temáticas em que foi dividido o programa resulta precisamente das contribuições dos jovens e da sua vontade desde 2015, ano a partir do qual começámos a trabalhar na CASCAIS 2018 Capital Europeia da Juventude”.

E será que ainda é possível dar ideias e participar nestes eventos? A Comissária da CASCAIS 2018 refere que quem quiser dar a sua ideia para uma atividade “ainda pode fazê-lo, apresentando-a através do site oficial CASCAIS 2018, e agendando uma reunião com a comissão organizadora do projeto. Estamos prontos para receber todos os jovens que quiserem colaborar, e trocar ideias com eles”!
De resto, quem quiser aparecer e participar nas atividades “poderá fazê-lo, e na loja Cascais Jovem poderão esclarecer qualquer dúvida que tenham”, esclareceu ainda esta responsável.

O poder político está com CASCAIS 2018
Três das principais figuras políticas que poderiam marcar presença na abertura da CASCAIS 2018 Capital Europeia da Juventude não quiseram deixar de registar o seu apoio à causa. O Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa subiu ao palco para falar do “grande, grande momento” que aconteceu ontem no Centro de Congressos do Estoril, significando que “vai ser um ano inesquecível em Cascais e em Portugal”. “Portugal é mar, é encontro, é história, mudança, é juventude. Cascais é tudo isso, com ainda mais mar e serra mesmo ao lado, e muita escola, muito desporto, muito digital. Muita juventude. Começa hoje Cascais Capital Europeia da Juventude. Cascais conta comigo”, concluiu o Presidente da República.


Outra das personalidades políticas presentes foi João Paulo Rebelo, Secretário de Estado da Juventude e Desporto, que afirmou que “Cascais já é uma grande Capital Europeia da Juventude”, e “um exemplo de boas práticas nas políticas de juventude, da participação e cidadania que envolvem cada vez mais o cidadão na gestão da coisa pública”. O governante considera ainda que “Cascais em 2018 vai ajudar a solidificar a imagem que Portugal tem de ser um país amigo da Juventude, num ano onde os olhos da Europa e do mundo vão estar postos nesta vila”, garantindo o apoio do Governo à organização da CASCAIS 2018 Capital Europeia da Juventude.


Finalmente, o Presidente da Câmara Municipal de Cascais Carlos Carreiras declarou estar “muito satisfeito e com muito orgulho nos projetos que temos vindo a desenvolver com os jovens e que fazem de Cascais uma grande Capital Europeia da Juventude”, reforçando a promessa de um ano de 2018 “em crescendo” para os jovens de Cascais e para toda a juventude europeia.

As atividades da CASCAIS 2018 Capital Europeia da Juventude
Durante a cerimónia de abertura de ontem houve também espaço para se falar de algumas das muitas atividades que vão acontecer em Cascais ao longo dos próximos meses. Uma das pessoas a intervir foi Bernardo Oliveira, responsável pela Academia dos Patins, que confirmou que serão realizados “alguns eventos ligados ao skate e aos desportos extremos. Estamos a ter algumas ideias inovadoras recorrendo à utilização da luz, vamos convocar jovens de alguns bairros de Cascais para construir rampas de skate, entre várias outras coisas. Vai ser divertido!”

Também os Escoteiros e as Guias de Cascais vão ter um papel importante, com a organização do Jota Joti (uma atividade escotista a nível mundial), onde esperam a presença de 5 mil escoteiros e onde vão poder comunicar com escoteiros de outros pontos de Portugal e da Europa.


E no que diz respeito à música, Cascais vai voltar a acolher o Musa Cascais. Pedro Guilherme é o responsável máximo pelo evento, e lembrou que em 2018 comemoram-se “os 20 anos de existência do Musa Cascais, que vai ter uma edição memorável”. Será nos dias 5, 6 e 7 de julho.

Quem também fará parte de várias destas iniciativas será a MEGA HITS, rádio oficial da CASCAIS 2018. O Conguito é animador da MEGA e esteve na cerimónia, fazendo um live video para a MEGA onde conseguiu tirar em direto uma foto com o Presidente da República. Ele também falou connosco e lembrou que este acontecimento é, para Cascais “muito importante e é mais do que um título… Vai acontecer muita muita coisa pensada para os jovens, e tudo isto vai deixar marcas para o futuro. E não estamos a falar de algo que se vai passar daqui a 10 anos… Vai passar-se agora!”


Já depois do evento de ontem terminar, falávamos com o João Paulo Sousa, que não é de Cascais mas que vive no concelho há dez anos. E ele disse-nos que “quanto mais viajo mais regresso a Cascais a pensar na sorte que tenho em estar aqui, em fazer parte disto. Tenho o privilégio de viver num sítio espetacular e onde acontece muita coisa, de festivais de música a provas de surf, e este ano esses eventos vão acontecer ainda em maior número e escala”.

E quando lhe perguntámos o quê, ele foi rápido a responder: “No desporto vai haver campeonatos europeus de tudo e mais alguma coisa, do skate ao futebol juvenil; no voluntariado está toda a gente a ser convocada para muitos eventos e também para a vida normal da vila, como a vigilância das praias no verão ou a limpeza de matas – e os jovens são pagos para isso! – para depois poderem dizer que estiveram a trabalhar por uma boa causa, ganhando algum dinheiro e sobretudo uma maior sensibilidade e preocupação para estas questões. E pelo meio fizeram parte de equipas, conheceram pessoas e ganharam competências que lhes permitem enriquecer os seus currículos”, acrescentou.
E antes que pudéssemos dizer alguma coisa, o João Paulo Sousa concluiu: “Para além disso, já foram feitos e vão continuar a fazer-se encontros onde o que acontece – e eu estive num – é literalmente isto: Jovem, o que é que tu gostavas de ver mudar na zona onde vives? E na tua escola? Do que é que precisas? E os jovens aparecem e os responsáveis da autarquia também, e debatem as coisas. No pior dos cenários não muda nada, mas pelo menos és ouvido por quem manda. E isso é incrível.”

CASCAIS 2018 já começou, e o hashtag oficial é #eusoucascais2018. E tu, também vais ser Cascais?

[Reportagem e Fotos: Tiago Belim]

Continue Reading
Publicidade
Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Tendencias