Visite-nos em

Lazer & Cultura

Uma mistura de coisas boas

Avatar

Publicado há

em

São um dos grandes nomes do EDM português e têm um álbum novo à borla na net, à espera que o descubras. Os Karetus estão prontos para levar a música eletrónica a outro nível, ao qual juntam muitos outros estilos para criar um som cheio de elementos diferentes, como prova a Piñata que já por aí anda a rebentar. E a festa está sempre prometida!

Os Karetus são mais um exemplo do boom da EDM em Portugal. Vocês sentem que os jovens procuram cada vez mais este tipo de música?
Sim, sem dúvida, e é para isso que trabalhamos. Nós adotámos um conceito, a que chamamos de full flavour, que mistura muitos géneros e tribos, e dá origem a um estilo de música original e super festivo. A malta, sobretudo entre os 12 e os 17 anos, ouve todo o tipo de música eletrónica, e a própria eletrónica já invadiu grande parte dos outros estilos. Daí que tenhamos feito um álbum que abarca todas essas influências, e que procura ir de encontro ao que eles ouvem, sempre com o fator festa associado, e com uma componente ao vivo muito forte, com grande interação com o público.

Os Karetus já existem há 5 anos. O que é que transformou o vosso som naquilo que é hoje?
Os Karetus sempre exploraram todo o tipo de música. Quando começámos, a nossa onda era mais estilo Daft Punk e Justice, depois enveredámos pelo dubstep, e fomos aumentando a quantidade de géneros explorados nos nossos live shows, chegando também a cada vez mais pessoas. Para dar um exemplo, há uns tempos fomos abordados por um rapaz de 9 anos, que não só nos disse que ouvia a nossa música como ainda nos deu conselhos, o que para nós foi incrível e representa a aceitação que temos tido.
A nosso ver, a música eletrónica tem uma carga emocional associada ao triunfo, e nós queremos juntar-lhe muitos outros sentimentos: rir de nós próprios, relaxar na praia, ouvir um funaná, pôr a malta a correr… tudo numa música eletrónica.

E é isso que a malta procura? O tal full flavour que cada vez mais se vê no EDM?
Claro que sim. Hoje em dia toda a música tem uma pitada de EDM, e nós fazemos inclusivamente o contrário: incorporar muitos outros estilos dentro do EDM, estilos que habitualmente não estão muito presentes na eletrónica. Temos por exemplo um tema, do qual nos orgulhamos muito, em que pegamos em música tradicional portuguesa e na gaita de foles transmontana e as misturamos com rap, com drum’n’bass, com trap e com Karetus.

Falem-nos do álbum Piñata, que foi disponibilizado online gratuitamente…
São 18 músicas e 27 estilos de música diferentes que formam esta piñata, ou seja, um depositório de coisas boas, todas misturadas, e que para além disso chegam ao público de forma gratuita, para que se espalhe por um número cada vez maior de pessoas.
Para isso muito contribuíram as participações de vários artistas, como o Agir, a Carolina Deslandes, a Pongo Love e o Riot (ambos dos Buraka Som Sistema), o rapper SP Deville, entre outros. No fundo, tratou-se de juntar neste álbum todos os nossos amigos, aos quais acrescentámos ainda dois artistas internacionais – o Aaron London e o Clinton Sly. Por último, iniciámos há alguns meses uma parceria com a cantora de dance hall jamaicano Ce’ Cile, e estamos muito contentes com o resultado. A nossa ideia de Piñata é composta por nós, mas também por todas estas pessoas talentosas que aceitaram trabalhar connosco.
De resto, o álbum saiu há quase dois meses, e ainda hoje há pessoas a descobrir a nossa música, sendo que também fizemos uma campanha de 10 semanas onde lançámos um tema por semana, e no final lançámos o álbum completo. Já produzimos também 8 videoclips, e a ideia é continuar a explorar estes dois mundos, até porque no nosso live show temos uma componente vídeo muito forte, para onde tentamos transportar o mundo da internet.
Tudo isto serve para o imenso feedback que temos tido, onde percebemos que as pessoas já conhecem as músicas, e isso dá-nos uma satisfação enorme.

Os Karetus são um projeto muito virado para o estrangeiro, mas acreditamos que também têm ideias giras para o público português. Querem partilhar algumas connosco?
Os Karetus nasceram no online, e como tal sempre partilhámos a nossa música com o público a nível internacional, daí que haja muita gente de vários países a seguir o que fazemos, e que estejamos sempre orientados para tocar lá fora. Ao mesmo tempo somos portugueses e adoramos Portugal, e é para os nossos fãs nacionais que estamos a preparar a tal componente vídeo nos nossos live shows, com a imagem sincronizada com o som e com muitos vídeos virais, para que a experiência seja o mais completa e apaixonante possível.
Queremos correr o país todo e rebentar esta piñata em todo o lado!

Os Karetus são:
André Reis
Carlos Silva
Paulo Silva

Faz o download gratuito de Piñata em http://smarturl.it/PinataLP

facebook.com/Karetus
twitter.com/karetus_
soundcloud.com/karetus
youtube.com/user/KaretusTV

[Entrevista: Tiago Belim]

[Fotos: Karetus]

Publicidade
Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PGlmcmFtZSAgc3R5bGU9ImRpc3BsYXk6IGJsb2NrOyBtYXJnaW46IDBweCBhdXRvOyIgIGlkPSJfeXRpZF8xNDQ3MCIgIHdpZHRoPSI0OTAiIGhlaWdodD0iMjc2IiAgZGF0YS1vcmlnd2lkdGg9IjQ5MCIgZGF0YS1vcmlnaGVpZ2h0PSIyNzYiIHNyYz0iaHR0cHM6Ly93d3cueW91dHViZS5jb20vZW1iZWQvUmdEV0xqV1I5LWs/ZW5hYmxlanNhcGk9MSZhdXRvcGxheT0xJmNjX2xvYWRfcG9saWN5PTEmcmVsPS0xJml2X2xvYWRfcG9saWN5PTEmbG9vcD0wJm1vZGVzdGJyYW5kaW5nPTAmZnM9MSZwbGF5c2lubGluZT0wJmF1dG9oaWRlPTImdGhlbWU9ZGFyayZjb2xvcj1yZWQmY29udHJvbHM9MSYiIGNsYXNzPSJfX3lvdXR1YmVfcHJlZnNfXyBuby1sYXp5bG9hZCIgdGl0bGU9IllvdVR1YmUgcGxheWVyIiAgYWxsb3c9ImF1dG9wbGF5OyBlbmNyeXB0ZWQtbWVkaWEiIGFsbG93ZnVsbHNjcmVlbiBkYXRhLW5vLWxhenk9IjEiIGRhdGEtc2tpcGdmb3JtX2FqYXhfZnJhbWViamxsPSIiPjwvaWZyYW1lPg==