Connect with us

Educação

Escolas Geração Depositrão já recolheram mais de 230 toneladas de resíduos

Publicado há

em

As escolas e entidades da 13ª edição da campanha Geração Depositrão (ano letivo de 2020/2021) já recolheram mais de 230 toneladas de resíduos, das quais 10 toneladas correspondem a pilhas usadas e as restantes a elétricos e eletrónicos em fim de vida.

Para além do balanço do final do ano letivo, as escolas são reconhecidas pela recolha de 4 categorias de resíduos (equipamentos de frio/regulação de temperatura, TV e monitores, lâmpadas e pilhas) nos 3 períodos do ano letivo.

No 2º período o top 3 destas categorias é composto pelas escolas: Centro Escolar de Alcobaça (Leiria), EB1 de Lamas (Coimbra) e Escola Secundária de Adolfo Portela (Aveiro), que totalizaram cerca de 3500 kg na categoria de equipamentos de frio;  Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa (Lisboa), Escola Dr. Horácio Bento de Gouveia (Região Autónoma da Madeira) e EB 2,3 de Alvalade do Sado (Setúbal) na categoria TV e monitores, responsáveis pela recolha de 3600 kg; Agrupamento de Escolas Luísa Todi – EB Luísa Todi (Setúbal), Escola Sec. Fernando Namora (Lisboa) e Centro Escolar de Solum Sul (Coimbra), que somaram 1000 kg de lâmpadas recolhidas; e Escola Básica e Secundária de Ourém (Santarém), 1º Jardim-Escola João de Deus de Coimbra (Coimbra) e Agrupamento de Escolas Luísa Todi – EB Luísa Todi (Setúbal) com o somatório de 500 kg de pilhas encaminhadas para reciclagem.

As categorias em análise representaram cerca de 34% do peso total dos resíduos recolhidos, cuja maior fatia pertenceu aos televisores e monitores, que ultrapassaram as 14,5 toneladas. Destaque, também, para as 2 toneladas de lâmpadas recolhidas e encaminhadas para reciclagem.

Todas as escolas receberão novos equipamentos elétricos e eletrónicos, mais sustentáveis, a utilizar nas suas instalações, tais como frigoríficos e monitores mais eficientes, lâmpadas wi-fi e pilhas recarregáveis, Filipa Moita, responsável de Comunicação da ERP Portugal, reforça que “as escolas continuam ativas no processo de reciclagem de elétricos e eletrónicos, e pilhas e baterias, acumulando o papel de influenciadoras do comportamento das comunidades em que estão inseridas.  As quantidades crescentes dos resíduos recolhidos ao longo deste ano mostram o empenho de todos os professores, alunos e funcionários das escolas Geração Depositrão, que têm vindo a contagiar positivamente entidades e empresas, trazendo-as para este desafio, que chega agora à reta final!”

À semelhança do ano anterior, todas as recolhas ao longo deste ano serão contabilizadas, também, para o donativo que será entregue ao IPO para a aquisição de material e equipamentos para a sua atividade.

Publicidade
Clica para comentar

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *