Connect with us

Em destaque

Gestão de tempo

Mais Educativa

Publicado há

em

LeYa Educação

Aqui vai mais uma dica para conseguires estudar para os exames e conseguires atingir os melhores resultados!

“Um minuto de planificação poupa 10 minutos de execução!”

Desta forma, como deves fazer um plano de estudo?

Saber o que estudar.

Deves começar por estudar o mais cedo possível, saber quais serão os tópicos abordados no exame.

Não deves esquecer de detalhes como a duração do exame, se são perguntas em aberto, de escolha múltipla, de redação, etc.

Fala com os professores! Eles não são o inimigo. Antes pelo contrário. Os professores querem o melhor para os seus alunos e que tenham os melhores resultados possíveis. Melhor do que ninguém, eles irão ajudar, principalmente quando mostram interesse, sobre quais os tópicos e matérias mais importantes.

Priorizar

Ao criares uma lista, com todos os itens a fazer e estudar, deves delinear uma estratégia de como “atacá-los”. Esta lista de prioridades deve incluir desde o número de horas a destinar a cada disciplina, como, indo mais ao detalhe, o número de horas em cada matéria. Simultaneamente, ao construir esta lista terás uma percepção geral de todo o conteúdo programático e matérias que são importantes saber e dominar.

Ao priorizares todas as tarefas terás melhor e maior capacidade para lidar com as que exigem um alto nível de foco e criatividade, enquanto tens mais energia e motivação, deixando as menos importantes para quando os níveis de concentração estão mais baixos.

Dominar, primeiro, o que gostas mais e o que tens mais facilidade em aprender. Para além de aumentar a autoconfiança, irão ter mais bases e treino para aprenderem, posteriormente, aquilo que consideram mais difícil.Focar no importante

Alguns alunos “embirram” com algumas disciplinas ou com algumas partes da matéria. Os professores e pais poderão ajudar a concentrarem esforços para aprender aquilo que dominam melhor.

(Não) Procrastinar

A melhor forma de evitar a procrastinação é definir metas de estudo. Ao criares uma espécie de jogo com mini-objetivos, estás a construir uma forma positiva de trabalho em qualquer sessão de estudo. A cada objetivo atingido, um pequeno prémio como uma pausa, uma caminhada ao redor do quarteirão enquanto falas com amigos ao telefone, etc. É importante que este prémio seja algo que não esteja relacionado com o local onde estudas, ler e estar ligados a computadores. O mais importante é que haja locomoção.

Tarefas extras

Neste plano, é proveitoso incluir outras tarefas como atividades de tempos livres, exercício físico, alimentação, tempo em família e, muito importante, sono!

Atualizar o plano

No final ou no início do dia, deves rever as tarefas cumpridas e não cumpridas de acordo com o plano e atualizá-lo imediatamente. Senão, o plano passa a ser apenas uma folha de papel e deixa de ter qualquer efeito.

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PGlmcmFtZSAgc3R5bGU9ImRpc3BsYXk6IGJsb2NrOyBtYXJnaW46IDBweCBhdXRvOyIgIGlkPSJfeXRpZF8yNjkzMCIgIHdpZHRoPSI0OTAiIGhlaWdodD0iMjc2IiAgZGF0YS1vcmlnd2lkdGg9IjQ5MCIgZGF0YS1vcmlnaGVpZ2h0PSIyNzYiIHNyYz0iaHR0cHM6Ly93d3cueW91dHViZS5jb20vZW1iZWQvUmdEV0xqV1I5LWs/ZW5hYmxlanNhcGk9MSZhdXRvcGxheT0xJmNjX2xvYWRfcG9saWN5PTEmcmVsPS0xJml2X2xvYWRfcG9saWN5PTEmbG9vcD0wJm1vZGVzdGJyYW5kaW5nPTAmZnM9MSZwbGF5c2lubGluZT0wJmF1dG9oaWRlPTImdGhlbWU9ZGFyayZjb2xvcj1yZWQmY29udHJvbHM9MSYiIGNsYXNzPSJfX3lvdXR1YmVfcHJlZnNfXyBuby1sYXp5bG9hZCIgdGl0bGU9IllvdVR1YmUgcGxheWVyIiAgYWxsb3c9ImF1dG9wbGF5OyBlbmNyeXB0ZWQtbWVkaWEiIGFsbG93ZnVsbHNjcmVlbiBkYXRhLW5vLWxhenk9IjEiIGRhdGEtc2tpcGdmb3JtX2FqYXhfZnJhbWViamxsPSIiPjwvaWZyYW1lPg==