Visite-nos em

Em destaque

Acesso ao Ensino Superior de A a Z

Mais Educativa

Publicado há

em

Adobe Stock

Fechaste a porta do Ensino Secundário e vais entrar agora numa nova casa: o Ensino Superior. Vais conhecer novas pessoas e novos métodos de ensino, e terás novas responsabilidades para as quais te vamos ajudar a preparar! Vais deparar-te com novos desafios, e viverás momentos que te vão marcar para a vida (no bom sentido, claro!). Aproveita toda a informação que tens ao teu dispôr para tomares a decisão mais correta e aventura-te naquele que será o teu futuro. O medo é sinal de que te propões ao desconhecido – estás aqui para desbravar o mundo, e o Ensino Superior é só mais uma etapa que irás concluir com uma perna às costas!

A ÁREA DE ESTUDO

Antes de te candidatares ao Ensino Superior, é importante que já tenhas em mente uma área de estudo. Se ainda não souberes que caminho queres seguir, podes sempre fazer testes vocacionais que te ajudem a diminuir as opções, pedir conselhos, ou fazer uma pesquisa intensiva sobre as áreas disponíveis. Se tiveres várias opções de que gostas, podes sempre pesquisar sobre qual a empregabilidade de cada uma, ou até falar com alunos que já estejam integrados nessas áreas.

B BOLETIM DE INSCRIÇÃO

Para te candidatares ao Ensino Superior, terás de preencher um Boletim de Inscrição para os Exames Nacionais, onde terás de colocar as tuas informações pessoais, informações sobre a tua situação escolar, entre outras. Deverás pedir este boletim na secretaria da tua escola ou, em casos atípicos e com a devida ordem, adquiri-lo na página eletrónica da tua escola. Não te esqueças que a inscrição tem um prazo!

C CADEIRAS

No Ensino Superior, em vez de “disciplinas” vais ter “unidades curriculares” ou, em linguagem coloquial universitária, “cadeiras”. A principal cadeira da licenciatura (e, normalmente, a mais difícil) é chamada de “cadeirão do curso”. Dependendo da tua área, podes ter aulas práticas ou teóricas ou ainda uma mistura de ambos.

D DOCENTES

A verdade é que no Ensino Superior os professores não conseguem dar a mesma atenção individual aos seus alunos, como acontece no Ensino Secundário. Isto porque as turmas, em determinados cursos e cadeiras, são demasiado grandes. Neste sentido, prepara-te para que nem todos os professores saibam o teu nome ou a tua situação escolar específica. A comunicação mais eficaz entre aluno e professor, no caso de grandes turmas, é através do e-mail. No entanto, isto vai depender também de cada docente!

E EMPREGO

É para isto que estás a lutar: por um emprego que te faça feliz e te dê as condições de que necessitas para avançares para o topo! No entanto, não te esqueças que podes sempre adquirir um emprego part-time enquanto estudas, se for esse o teu desejo ou necessidade. Esta opção pode até ajudar-te a desenvolver capacidades de gestão de tempo e a preparar-te para aquilo que é o mercado de trabalho, além de te ajudar a construir currículo. Se adquirires um part-time, terás acesso ao estatuto de trabalhador-estudante, o que te trará algumas vantagens, como épocas especiais de exames. Informa-te e aventura-te!

F FUTURO

Para manteres o foco, tens também de manter o teu objetivo a longo prazo em mente. Será o esforço que fazes agora que construirá o teu futuro. As hard skills são também fatores importantes na procura de um emprego, por isso mantém essas notas altas e não desesperes se nem sempre conseguires atingir as tuas metas – o importante é continuares a lutar!

G GESTÃO

Para que tudo funcione às mil maravilhas, é essencial que saibas gerir o teu tempo. Deves aproveitar esta fase para conheceres pessoas novas e curtires o mundo universitário, mas sem te desleixares nas aulas e nos estudos. Se fores viver sozinho (ou acompanhado, mas sem os teus pais), tens de dividir o teu tempo entre as tarefas da casa, os estudos e a curtição! Neste caso, é sempre uma boa ideia fazeres uma espécie de escala ou tabela, dividindo o teu tempo por todas as tarefas que tens a fazer. Desta forma, garantes que tudo corre sem problemas.

H HORÁRIOS  

Em todos os semestres, terás horários e cadeiras diferentes. É uma boa mudança que não te deixa cair na rotina. E não te preocupes: terás sempre tempo para estudar e beber um café com os amigos! Caso trabalhes ao mesmo tempo que estudas, podes optar por te inscrever num horário pós-laboral, que te permite conjugar os estudos e o emprego.

I INVESTIMENTO

Quando falamos em investimento, não falamos apenas do investimento económico, mas também de um investimento mental e de tempo. Esta é a altura para investires a 100% em ti. Não desperdices esta oportunidade!

J JANTARES (DE PRAXE…OU NÃO)

Normalmente, as diferentes “equipas” constituídas na altura da praxe (caso tenhas decidido fazer parte dela) organizam os chamados jantares de praxe, que acaba por ser uma forma de manter a mente sã quando os trabalhos começam a apertar! Aproveita para decorar todas as canções de praxe do teu curso e da tua instituição – afinal não é só a matéria que tens para decorar! Caso não faças parte da praxe, podes sempre juntar-te aos teus colegas na mesma e curtir a noite universitária!

L LIVROS 

Sim, nós sabemos que a Internet tem informação que chega e sobra para responder à maior parte das questões sobre a matéria. No entanto, existem cadeiras cuja bibliografia é composta de materiais apenas disponíveis em formato de livro que não se encontra na Internet. Neste caso, dá uso à biblioteca da tua instituição e recorre aos formatos pré-Internet: não há nada como folhear um livro e deixar de lado o scroll!

M MESTRADO

Quando terminares a licenciatura, podes escolher ingressar no mercado de trabalho, tirar outra licenciatura que te agrade ou uma pós-graduação, ou avançar para mestrado. O mestrado pode ou não ter a ver diretamente com a área de estudos da tua licenciatura. Se estás interessad@ em especificar os teus conhecimentos, na área que estudaste ou outra, investiga sobre as tuas opções relativamente ao mestrado. Podes avançar para mestrado no mesmo instituto ou universidade onde tiraste a licenciatura ou noutro. Mas atenção: esforça-te na licenciatura para que tenhas uma boa média para entrares no mestrado com que sempre sonhaste!

N NÚCLEOS

Em grande parte das instituições, téras núcleos de diversas áreas que funcionam como atividades extracurriculares. Estes núcleos podem ajudar-te a desenvolver a parte prática da tua área, ou podem ainda ser uma oportunidade para explorares outras vertentes diferentes do teu curso. Não te esqueças que as soft skills são também muito importantes para os empregadores e para o mercado de trabalho em geral.

O OPEN DAY

Algumas instituições promovem o Open Day ou, em português, o Dia Aberto. Neste dia, as escolas abrem as portas para te darem a conhecer o que promovem e as suas instalações. Se tens dúvidas relativamente ao curso que queres tirar, podes também aproveitar para conhecer as ofertas formativas dos institutos ou universidades. Se já tiveres um curso em mente, esta é a situação perfeita para esclareceres as tuas dúvidas e ficares a conhecer todos os edifícios e departamentos. Existem Open Days que envolvem ainda experiências, atividades ou workshops.

P PRAXE

A praxe é um assunto que já foi bastante dissecado nos dias de hoje. Fazer ou não parte dela é uma decisão que só a ti te compete. A verdade é que pode ser uma boa maneira de ficares a conhecer os teus colegas, de turma e do instituto ou universidade, e de te divertires. No entanto, não é por não fazeres parte da praxe que vais estar excluíd@. Tenta perceber como funciona a praxe na tua instituição e curso para que seja mais fácil perceberes se queres ou não fazer parte dela. Normalmente, a praxe é constituída essencialmente por jogos de grupo e variantes, embora cada curso tenha maneiras diferentes de receber os novos alunos.

Q QUÍMICA

Sim, pode ser uma das tuas cadeiras, mas estamos a falar da química que sentes para com a tua área. É importante que ao longo do curso sintas que a tua decisão fez sentido, e não te esqueças: as ideias não são coisas fixas, pelo que podes sempre decidir-te por outra área e iniciar novas aventuras! No entanto, é importante que tenhas em mente que não vais ter apenas cadeiras de que gostas: haverá sempre alguma disciplina que não te agrada assim tanto, mas não é motivo para desistires. Agarra-te à tua paixão e ao teu objetivo a longo prazo!

R RECURSO

Esquece os dois testes por período: no Ensino Superior, as avaliações são feitas de outra forma. Embora vá sempre depender do método de avaliação de cada cadeira e instituto, existem as chamadas épocas normais, que consistem numa avaliação contínua. Esta avaliação é feita normalmente através de testes e/ou trabalhos individuais, de grupo ou relatórios. No entanto, existe também a possibilidade de seres avaliad@ apenas com um exame final, na época de exames. Normalmente, podes escolher se queres ser avaliad@ através da avaliação contínua ou por exame final. Se chumbares na avaliação contínua, tens na época de exames normal uma chance de recuperares, caso não sejas impossibilitad@ em termos de datas. A época de recurso é uma espécie de terceira oportunidade dada aos alunos para conseguirem a aprovação na unidade curricular. Ou seja, se não conseguires ser aprovad@ na época normal, recorres à época de recurso. O recurso pode ainda ser uma possibilidade de melhorares a tua nota final, que tenha sido obtida por avaliação contínua ou exame de época normal.

S SEBENTAS

Enquanto que no Ensino Secundário utilizavas os livros sugeridos pela escola para estudar, na faculdade terás as sebentas. Há professores que optam por deixar sebentas à disponibilidade do aluno nas reprografias, para facilitar o estudo. Outros professores optam por disponibilizar powerpoints, e outros seguem a moda antiga: não te facultam documentos, e esperam que estudes apenas através dos teus apontamentos. No entanto, a maior parte das unidades curriculares tem bibliografia obrigatória, que se traduz por um conjunto de livros e documentos que te podem ajudar a assimilar a matéria. De uma maneira ou de outra, o ideal é frequentares as aulas todas e ouvires a matéria com atenção, para que os documentos sejam apenas uma ajuda e não um aspeto fulcral. Podes sempre recorrer a livros de apoio ou até pedir a colegas apontamentos de anos anteriores.

T TRABALHOS DE GRUPO 

Tal como no Ensino Secundário, também nesta nova fase terás de realizar trabalhos de grupo. O tamanho do grupo é, normalmente, decidido pelo docente previamente. Inicialmente, pode ser uma boa forma de conheceres os teus novos colegas. Mas existe uma vantagem ainda maior: futuramente, no mercado de trabalho, vai ser absolutamente essencial que saibas trabalhar em equipa. Embora os trabalhos de grupo possam ser um pouco “chatos” de vez em quando, é um exercício indispensável ao teu desenvolvimento pessoal e social. Aproveita para limares algumas arestas na tua personalidade, e para aprenderes a lidar com os teus colegas e a ouvir outras ideias e perspetivas.

U UNIVERISDADE OU POLITÉCNICO 

Esta é uma questão que certamente já colocaste: qual é, afinal, a diferença entre uma Universidade e um Instituto Politécnico? De uma forma geral e simplificada, a universidade é uma instituição que se baseia num ensino mais teórico, embora vá sempre depender do curso que escolhes, visto que existem áreas que exigem um estudo da teoria mais profundo que outras. Já o Instituto Politécnico é, normalmente, mais virado para a vertente prática. Escolhe a instituição que mais se adequa ao curso que pretendes.

V VIDA ACADÉMICA

E porque nem tudo se resume a estudar, irás viver durante este período aqueles que poderão ser alguns dos melhores anos do teu percurso. Quando entrares no Ensino Superior, irás fazer amizades para a vida e curtir como só um universitário sabe! As associações de estudantes realizam frequentemente festas, normalmente nos perímetros escolares, onde poderás conviver com os teus novos amigos e até, quem sabe, com professores e funcionários, e abanar o esqueleto ao som de música ao vivo! Além destas festas, tens ainda outras celebrações, como a Semana Académica ou a Receção ao Caloiro. Mas atenção: não te esqueças que a matéria também acumula e os trabalhos e exames não se fazem sozinhos!

X XADREZ

Sim, podemos dizer que esta nova fase da tua vida se assemelha a um jogo de xadrez, e és tu contra o mundo! Está na hora de provares a todos, e a ti mesmo principalmente, que és capaz de fazer aquilo a que te propões. Este é um jogo de estratégia e tática, por isso joga bem as tuas peças, e o único vencedor serás tu!

Z ZEN 

Está na hora de relaxar! Quando finalmente terminares os teus estudos, podes olhar para trás com orgulho e seguir para uma nova etapa. Após os estudos, terás a missão de procurar emprego, e não te vamos mentir: pode não ser tarefa fácil! Mantém a positividade, embeleza o teu currículo, aposta nas soft skills e preparate para entrevistas. Em menos de nada, terás o teu emprego de sonho e ninguém te vai parar! E enquanto isso não acontece, mantém-te “zen”!

Texto de: Beatriz Cassona

Fica a conhecer a edição de 2020/2021 do Guia de Acesso ao Ensino Superior da Mais Educativa aqui!

Publicidade
Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PGlmcmFtZSAgc3R5bGU9ImRpc3BsYXk6IGJsb2NrOyBtYXJnaW46IDBweCBhdXRvOyIgIGlkPSJfeXRpZF85MDQ5MiIgIHdpZHRoPSI0OTAiIGhlaWdodD0iMjc2IiAgZGF0YS1vcmlnd2lkdGg9IjQ5MCIgZGF0YS1vcmlnaGVpZ2h0PSIyNzYiIHNyYz0iaHR0cHM6Ly93d3cueW91dHViZS5jb20vZW1iZWQvUmdEV0xqV1I5LWs/ZW5hYmxlanNhcGk9MSZhdXRvcGxheT0xJmNjX2xvYWRfcG9saWN5PTEmcmVsPS0xJml2X2xvYWRfcG9saWN5PTEmbG9vcD0wJm1vZGVzdGJyYW5kaW5nPTAmZnM9MSZwbGF5c2lubGluZT0wJmF1dG9oaWRlPTImdGhlbWU9ZGFyayZjb2xvcj1yZWQmY29udHJvbHM9MSYiIGNsYXNzPSJfX3lvdXR1YmVfcHJlZnNfXyBuby1sYXp5bG9hZCIgdGl0bGU9IllvdVR1YmUgcGxheWVyIiAgYWxsb3c9ImF1dG9wbGF5OyBlbmNyeXB0ZWQtbWVkaWEiIGFsbG93ZnVsbHNjcmVlbiBkYXRhLW5vLWxhenk9IjEiIGRhdGEtc2tpcGdmb3JtX2FqYXhfZnJhbWViamxsPSIiPjwvaWZyYW1lPg==