Connect with us

Ciência & Tecnologia

SandSpace a aplicação portuguesa numa das maiores competições mundiais

Publicado há

em

Pixabay

A SandSpace é uma aplicação que permite indicar e saber os níveis de ocupação do areal de 685 praias marítimas e fluviais de todo o país e está anunciada como a única finalista portuguesa do Apps for Good UK.

A aplicação foi criada pelos alunos Bruno Dylan, Diogo Resende, Jorge Correia e Nuno Castro de São João da Madeira, e a ideia surgiu no contexto da pandemia do COVID-19, permitindo os utilizadores das praias perceberem os níveis de ocupação do areal em território português. A SandSpace conta já com a parceria da Agência Portuguesa do Ambiente.

Já se encontra disponível para download na Google Play Store, e o mapa da aplicação abrange toda a costa continental e a dos arquipélagos dos Açores e Madeira e são os utilizadores da app que fornecem os dados sobre a ocupação humana, para que depois o software possa converter num indicador gráfico, em que o verde significa pouca densidade, o amarelo um número já considerável de banhistas e o vermelho uma lotação limite.

São 15 equipas finalistas, distribuídas por cinco categorias e as vencedoras serão anunciadas no dia 26 de junho, bem como o prémio do Público,

O programa Apps for Good UK é um programa educativo tecnológico que desafia os alunos e professores a desenvolverem aplicações para resolver problemas sociais. Este ano será inteiramente online devido ao COVID-19.

Publicidade
Clica para comentar

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado.

Publicidade

Publicidade

Artigos recentes

Publicidade

Noticias

Publicidade