Connect with us

Em destaque

Do Terreiro do Paço, à Ameixoeira e ao Aeroporto de bicicleta

Joana Fonseca

Publicado há

em

Pixabay

As duas avenidas centrais de Lisboa, ou seja, Liberdade e Almirante Reis vão passar a ser cicláveis até próximo mês de julho.

O Presidente da Câmara de Lisboa, prevê que seja um total de 200 quilómetros de ciclovia até 2021. O objetivo é fechar seis eixos de ciclovias, um Eixo Marginal que acompanha toda a frente do rio entre Algés e o Oriente, um Eixo Circular Exterior que atravessa a cidade pelo interior, um Eixo Central que parte desde o Terreiro do Paço até à Ameixoeira, um Eixo Baixa-Aeroporto que parte também do Terreiro do Paço até ao Aeroporto, um Eixo Alcântara/Pontinha e o Eixo Panorâmico que parte de Benfica até a Braço-de-Prata.

Até julho serão contempladas as avenidas da Índia, Pádua, Cidade de Luanda, Almirante Reis, 24 de Julho, Liberdade e Uruguai, um total de 26 quilómetros. Até a setembro será as avenidas de Roma, Marechal Gomes da Costa, Ceuta, Conde Almoster, Lusíada, Berna, José Malhoa e Descobertas, um total de 30 quilómetros.

Publicidade
Clica para comentar

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Artigos recentes

Publicidade

Noticias

Publicidade