Connect with us

Em destaque

A Mais Educativa entrevistou a cantora Carla Prata!

Joana Fonseca

Publicado há

em

Carla Prata

Dona de uma voz doce inconfundível e apesar de ainda ter duas décadas de vida, Carla Prata, já tem inúmeros singles editados e um contrato assinado.

Nascida em Waterloo, Londres, mas com vida vivida entre Londres, Lisboa e Benguela, foi no final de 2013 que a cantora publicou no canal de YouTube vários covers que acabaram por ser bastante elogiados! Passados dois anos estreia-se em estúdio para gravar a primeira música e até agora tem sido sempre a evoluir.

A Mais Educativa quis saber tudo sobre a Carla Prata e está na hora de partilharmos tudo contigo!

ME- Quem é a Carla Prata?

CP- Uma jovem de 20 anos e com uma enorme paixão por música.

ME- Nasceste em Londres e neste momento vives em Portugal, sentiste uma grande diferença?

CP- Londres é a minha casa, foi onde nasci e passei a maior parte da minha infância, contudo tem um clima frio e chuvoso, e o nosso mood acaba por ser influenciado. Quando me mudei para Portugal acho que foi o que me chamou mais à atenção e teve impacto, as pessoas parecem felizes, menos cinzentas.

ME- Como caracterizas o teu estilo musical?

CP-Não me prendo a géneros musicais, portanto, não considero que haja um estilo em específico.

ME- És uma pessoa que desiste facilmente do que é mais complicado ou lutas até ao fim para conseguires o que realmente queres?

CP- Sou uma pessoa que luta pelos seus goals, havendo complicações ou não que possam existir nessa “luta”.

ME- No mundo da música quem são as tuas inspirações? E na tua vida fora da música existe alguém que te inspite?

CP- Tenho várias referências como Frnak Ocean, Michael Jackson, Jhus, e alguns artistas angolanos que cresci a ouvir. Tudo à minha volta inspira-me a compor.

ME- Como e quando começou o gosto pela música?

CP- Desde criança que gosto de música, cantava para amigos e família, portanto acho que não houve um momento certo, ou uma idade concreta, é daquelas coisas que nasce connosco.

ME-Quando escrever uma música o que pretendes transmitir aos que te escutam?

CP- Quando escrevo uma música penso em partilhar a minha arte, que pretendo que quem escuta sinta e aprecie.

ME-Das participações que já fizeste, qual foi a que mais gostaste de fazer e porquê?

CP- Gosto de todas as participações, porque só trabalho com artistas que realmente gosto e consumo, não diria que haja alguma preferida, no entanto, a participação com o Dengaz, foi a que mais me marcou porque já o conhecia e aprendi imensas coisas com ele durante todo o processo, e sem dúvida abriu-me portas.

ME_ Sonhavas chegar onde estás ou pretendes conseguir mais?

CP- Pretende chegar a outros mercado, conseguir expandir horizontes.

ME-O que podem esperar os fãs no futuro?

CP- Mias música, acho que é o melhor presente que posso oferecer a quem gosta do meu trabalho.

ME-És tu que escreves sempre as letras das tuas músicaS? Se sim, é algo que te faz pensar que a música seja realmente tua?

CP- Sim sou.

ME- Olhando para o panorama musical em Portugal, como o caracterizas?

CP- Ainda tem muito por onde crescer, existem muitos artistas bons à espera de uma oportunidade para entrar no mercado e serem reconhecidos. Precisamos de dar espaço a novos artistas, novas sonoridades e sermos mais abertos.

 

 

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PGlmcmFtZSAgc3R5bGU9ImRpc3BsYXk6IGJsb2NrOyBtYXJnaW46IDBweCBhdXRvOyIgIGlkPSJfeXRpZF85NDY3MCIgIHdpZHRoPSI0OTAiIGhlaWdodD0iMjc2IiAgZGF0YS1vcmlnd2lkdGg9IjQ5MCIgZGF0YS1vcmlnaGVpZ2h0PSIyNzYiIHNyYz0iaHR0cHM6Ly93d3cueW91dHViZS5jb20vZW1iZWQvUmdEV0xqV1I5LWs/ZW5hYmxlanNhcGk9MSZhdXRvcGxheT0xJmNjX2xvYWRfcG9saWN5PTEmcmVsPS0xJml2X2xvYWRfcG9saWN5PTEmbG9vcD0wJm1vZGVzdGJyYW5kaW5nPTAmZnM9MSZwbGF5c2lubGluZT0wJmF1dG9oaWRlPTImdGhlbWU9ZGFyayZjb2xvcj1yZWQmY29udHJvbHM9MSYiIGNsYXNzPSJfX3lvdXR1YmVfcHJlZnNfXyBuby1sYXp5bG9hZCIgdGl0bGU9IllvdVR1YmUgcGxheWVyIiAgYWxsb3c9ImF1dG9wbGF5OyBlbmNyeXB0ZWQtbWVkaWEiIGFsbG93ZnVsbHNjcmVlbiBkYXRhLW5vLWxhenk9IjEiIGRhdGEtc2tpcGdmb3JtX2FqYXhfZnJhbWViamxsPSIiPjwvaWZyYW1lPg==