Connect with us

A tua Revista

De Portugal para a Holanda e da Holanda para Portugal

Joana Fonseca

Publicado há

em

A Escola Secundária S. João do Estoril, situada no concelho de Cascais, organiza, anualmente, o intercâmbio com a Holanda, que acontece desde 1999 e, embora tenha tido alguns interregnos, é uma iniciativa a que a comunidade escolar já se habituou.

O projeto leva um grupo de estudantes a conhecer a Holanda e traz um grupo de alunos holandeses para conhecer Portugal.

Esta é uma oportunidade para os estudantes das duas nacionalidades conhecerem um novo país, uma nova cultura, novas tradições, novos hábitos e fazerem novos amigos.

Se por um lado, os jovens portugueses conhecem uma nova realidade, têm também a oportunidade de apresentam Portugal a jovens holandeses que não conhecem a realidade. E o mesmo acontece com os alunos holandeses.

Este ano, o projeto é da responsabilidade do professor Tierri Cachado – que integra a iniciativa desde 2000, embora com alguns intervalos – e da professora Helena Alzamora.

O entusiasmo de uma aventura internacional

As fichas de inscrição para participar no intercâmbio ficam disponíveis na papelaria da Escola Secundária S. João do Estoril a partir de outubro mas antes disso muitos alunos começam a questionar a funcionária sobre a iniciativa.

“Há muitos alunos que sabem da existência [do intercâmbio] e que procuram saber quando acontece e como vai ser; eu acho que [o intercâmbio com Holanda] faz parte da marca da escola”, conta o professor Tierri Cachado.

Depois de efetuadas as candidaturas, os professores organizam uma sessão de esclarecimento para perceber quem são os interessados, efetivamente.

“Houve anos em que era difícil encontrar o número de alunos necessário e estávamos quase até à última para os conseguir, mas, nos últimos anos, temos tido sempre muito mais alunos interessados do que alunos que conseguimos levar”, explica o professor responsável pelo intercâmbio.

O número de alunos holandeses a participar no projeto dita o número de portugueses que vão nesta aventura internacional. E, segundo o professor Tierri Cachado, alguns dos alunos que decidem embarcar na experiência fazem-no porque tiveram irmãos ou primos a participar anteriormente.

Este ano, são 19 os alunos portugueses que alinharam no projeto. São jovens do 10.º, 11.º e 12.º anos da Escola Secundária S.João do Estoril.

Publicidade
Clica para comentar

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Artigos recentes

Publicidade

Noticias

Publicidade