Visite-nos em

Ciência & Tecnologia

Open Day ISG: “Este evento foi concebido para os alunos do 11º e 12º Ano”

Mais Educativa

Publicado há

em

O Instituto Superior de Gestão (ISG) vai realizar um Open Day subordinado ao tema “Soft Skills”, no próximo dia 28 de abril.

A Mais Educativa entrevistou a Professora Doutora Rosa Rodrigues, docente do ISG, que tornou mais claras as intenções do Open Day e explicou o motivo da instituição ter escolhido as “soft skills” como temática principal.

Lê a entrevista e fica a saber mais acerca do Open Day do ISG.

Mais Educativa (ME) – O ISG subordinou o Open Day ao tema “Soft Skills”. Porque optou a instituição por apresentar esta temática aos alunos do Ensino Secundário?

Professora Doutora Rosa Rodrigues (PDRR) – O conhecimento técnico é fundamental para o sucesso em qualquer área de atividade, mas já não é suficiente, pois cada vez mais as organizações procuram profissionais que apresentem atitudes, comportamentos e competências transversais que os distingam uns dos outros e que são decisivas na seleção de um profissional em detrimento de outro.
Atualmente, estas soft skills são extremamente valorizadas pelas organizações, porque além de facilitarem o relacionamento interpessoal, contribuem significativamente para o sucesso profissional. Porém, o desenvolvimento das soft skills implica um processo a longo prazo, porque é largamente influenciado pelas experiências, a educação e o ambiente em que cada pessoa se insere, motivo pelo qual é fundamental promovê-las o mais cedo possível.
Apesar dos alunos do ensino secundário pensarem que o mercado de trabalho ainda está longe, essa distância não é assim tão grande e as soft skills fornecem as capacidades que necessitam para serem bem-sucedidos a nível pessoal, social a profissional. Além disso são uma excelente ferramenta para quem deseja ter um curriculum vitae brilhante.
O desafio de apresentar esta temática aos alunos do ensino secundário passa por conseguir estimular o interesse por estas competências, porque só assim conseguirão enfrentar com sucesso o mercado de trabalho cada vez mais competitivo. Verifica-se, ainda, que uma grande parte dos alunos inicia a sua vida profissional ao mesmo tempo que entra no ensino superior, seja por motivos financeiros, para ganharem experiência ou para começarem a construir os seus curricula, pelo que a apresentação das soft skills desempenha um papel extremamente importante nesta faixa etária.

ME – Como é que as escolas e os alunos se podem inscrever para participar no Open Day?

PDRR – Para informações detalhadas sobre este Programa, contatar a Direção de Relações Públicas, através dos contactos:

Alexandra de Brito Caetano | Tel. 21 751 37 00 | E-mail: alexandra.caetano@ensinus.pt

O desafio de apresentar esta temática aos alunos do ensino secundário passa por conseguir estimular o interesse por estas competências, porque só assim conseguirão enfrentar com sucesso o mercado de trabalho cada vez mais competitivo

ME – Para que alunos se destina este Open Day?

PDRR – Este evento foi concebido para os alunos do 11º e 12º Ano, dos cursos de ciências socioeconómicas, de ciências e tecnologias e dos cursos profissionais, nomeadamente, gestão, contabilidade, comércio, marketing, banca e seguros e pretendam ingressar no ISG.

ME – Que soft skills adquirem os profissionais formados no ISG?

PDRR – A elevada taxa de empregabilidade dos cursos ministrados pelo ISG, reflete a qualidade do ensino que prestamos e trabalhamos continuamente para garantir uma sólida formação técnica, pessoal e humana dos nossos alunos.
Ao nível das softs skills, os nossos alunos destacam-se pela capacidade de liderança, o trabalho de equipa, o pensamento crítico, o raciocínio lógico, a capacidade de comunicação, o pensamento holístico, a assertividade, a criatividade, a orientação para os resultados e a negociação. Para além da formação técnica, o ISG forma profissionais criativos, comprometidos, conscientes, comunicativos e colaborativos.
O feedback fornecido pelas organizações onde os nossos alunos desempenham funções salienta a facilidade com que tomam a iniciativa, assumem responsabilidades, orientam e coordenam atividades, supervisionam, delegam e motivam os outros. Aliadas a estas competências, os empregadores ressaltam a cortesia, flexibilidade e integridade com que lidam com os desafios diários e que muito contribuem para a resolução de problemas e para alcançar os objetivos organizacionais.

Este evento foi concebido para os alunos do 11º e 12º Ano, dos cursos de ciências socioeconómicas, de ciências e tecnologias e dos cursos profissionais, nomeadamente, gestão, contabilidade, comércio, marketing, banca e seguros e pretendam ingressar no ISG

ME – No mesmo dia, os professores que acompanham os estudantes do Secundário vão poder usufruir de atividades de coaching numa sessão cujo o tema é “Criatividade. Gestão de Emoções”. Porque optou o ISG por esta temática?

PDRR – Na era no conhecimento e do reconhecimento que a maior vantagem competitiva das organizações são as pessoas. Num mundo em mudança constante e acelerada em que o frenesim das empresas para acompanhar essas mudanças assenta em padrões de elevada criatividade geradora de inovações constantes, os métodos e as técnicas associados a estes conceitos proliferam em cursos especializados e ações de formação.
Mas, por mais ferramentas racionais que sejam conhecidas e dominadas pelos agentes de mudança, as mesmas podem tornar-se inúteis se os mesmos não conseguem uma boa gestão da fonte da criatividade: as emoções.
Já existem e vão existir cada vez mais programas informáticos que criam produtos, serviços e processos e que irão substituir, em muitos casos, a criatividade humana. Mas, essa substituição das máquinas pelas pessoas poderá ser bem sucedida, mas nunca substituirá na plenitude uma particularidade dos seres vivos: os sentimentos.
Na temática da gestão das emoções, nomeadamente alcançando um elevado nível de autoestima e de autocontrolo que o ser humano consegue a tranquilidade, a concentração e, consequentemente, a “inspiração” que lhe permite criar de forma diferenciada, ou seja talentosa.
É essa diferenciação criativa que queremos que seja potenciada nos alunos do ISG, porque mais do que formar técnicos especializados em gestão queremos formar pessoas que vivam com paixão aquilo que fazem, razão pela qual escolhemos este tema para sensibilizar os agentes da Educação para a matéria.

[Imagem: ISG]

Publicidade
Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Artigos recentes

Publicidade

Noticias

Publicidade

Publicidade

PGlmcmFtZSAgc3R5bGU9ImRpc3BsYXk6IGJsb2NrOyBtYXJnaW46IDBweCBhdXRvOyIgIGlkPSJfeXRpZF8zMzQ0OCIgIHdpZHRoPSI0OTAiIGhlaWdodD0iMjc2IiAgZGF0YS1vcmlnd2lkdGg9IjQ5MCIgZGF0YS1vcmlnaGVpZ2h0PSIyNzYiIHNyYz0iaHR0cHM6Ly93d3cueW91dHViZS5jb20vZW1iZWQvUmdEV0xqV1I5LWs/ZW5hYmxlanNhcGk9MSZhdXRvcGxheT0xJmNjX2xvYWRfcG9saWN5PTEmcmVsPS0xJml2X2xvYWRfcG9saWN5PTEmbG9vcD0wJm1vZGVzdGJyYW5kaW5nPTAmZnM9MSZwbGF5c2lubGluZT0wJmF1dG9oaWRlPTImdGhlbWU9ZGFyayZjb2xvcj1yZWQmY29udHJvbHM9MSYiIGNsYXNzPSJfX3lvdXR1YmVfcHJlZnNfXyBuby1sYXp5bG9hZCIgdGl0bGU9IllvdVR1YmUgcGxheWVyIiAgYWxsb3c9ImF1dG9wbGF5OyBlbmNyeXB0ZWQtbWVkaWEiIGFsbG93ZnVsbHNjcmVlbiBkYXRhLW5vLWxhenk9IjEiIGRhdGEtc2tpcGdmb3JtX2FqYXhfZnJhbWViamxsPSIiPjwvaWZyYW1lPg==