Connect with us

Lazer & Cultura

Livros para (re)ler em 2020

Publicado há

em

A Mais Educativa sugere-te alguns livros que podes ler (ou reler) no próximo ano.

Capitães da Areia – Jorge Amado

A vida dos meninos abandonados nas ruas de São Salvador da Bahia é tema principal deste livro que os chama Capitães da Areia.

A Culpa é das Estrelas – John Green

Prestes a completar 17 anos, Hazel Grace sofre com cancro na tiróide desde os 13. A menina começa a frequentar o Grupo de Apoio dos Miúdos com Cancro o que vai alterar o modo como encara a vida.

Diário de Anne Frank – Anne Frank

O livro que é uma história na História da Humanidade. De 194 a 1944, a jovem judia Anne Frank escreveu sobre a ocupação nazi na cidade de Amsterdão.

A Rapariga que Roubava Livros – Markus Zusak

Liesel é uma jovem encontra nos livros que rouba a força para superar as dificuldades da vida. O enredo passa-se na Alemanha durante a segunda guerra mundial.

Eu, Malala – Malala Yousafzai

Uma história contada na primeira pessoa, onde Malala Yousafzai – a jovem que foi alvo dos terroristas islâmicos – relata a luta pelo direito à educação de todas as crianças, especialmente das raparigas.

Meu Pé de Laranja Lima – José Mauro de Vasconcelos

A história de um menino de seis anos, que encontra na imaginação um escape para a realidade da vida. Zezé nasceu numa família pobre e conhece a dor e a tristeza mas consegue contornar os problemas da vida ao revelar os sonhos e desejos a um pé de laranja lima.

Harry Potter e a Pedra Filosofal – J.K.Rowling

É o primeiro de sete livros da saga Harry Potter. O livro conta a história de um órfão, que aos 10 anos descobre que é bruxo. Harry Potter vai entrar na escola de feiticeiros de Hogwarts e conhecer Rony Weasley e Hermione Granger. Os três amigos vão enfrentar o Lord Voldemort, que assassinou os pais de Harry Potter.

Frankenstein – Mary Shelley

Um romance de terror que é considerado a primeira obra de ficção da história. Victor Frankenstein constrói um monstro no laboratório, que cria o terror na vida do estudante de ciências naturais, depois deste o abandonar.

Publicidade
Clica para comentar

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Publicidade

Artigos recentes

Publicidade

Noticias

Publicidade