Visite-nos em

Notícias

INETE: 30 anos a criar futuros

Mais Educativa

Publicado há

em

Criado em 1989, o INETE (Instituto de Educação Técnica) é uma escola profissional do Grupo Ensinus caracterizada pelo projeto educativo vanguardista, que comemora 30 anos, em 2019.

Ao longo de três décadas, o INETE já formou mais de 2.500 alunos enquanto instituição de Ensino e Formação Profissional, de Planos Próprios, de nível secundário e pós-secundário, vocacionada quer para a qualificação inicial de jovens, quer para a formação contínua de profissionais no ativo.

De há alguns anos a esta parte, o INETE tem vindo a aplicar um acompanhamento ao projeto individual de cada aluno, que através da ajuda do orientador educativo, vai definindo o percurso formativo de cada um.

Os estudantes têm como base uma formação técnica e cientificas atualizadas, complementadas pelo estágio curricular – em contexto de trabalho – que acontece em empresas ou instituições de renome. Mas estes alunos podem também optar pelo prosseguimento de estudos numa instituição de Ensino Superior, uma vez que são preparados para os dois cenários.

O INETE permite ainda que os seus estudantes vão além-fronteiras e integrem programas de intercâmbio ou estágios internacionais.

O acompanhamento dos alunos, um corpo docente qualificado nas áreas fundamentais dos cursos, uma posta numa formação teórico-prática atualizada, e as parcerias com as empresas das áreas profissionais dos cursos fazem do INETE uma escola com futuro que cria futuros.

Publico presente na cerimónia de comemoração dos 30 anos do INETE

Comemorar três décadas num encontro de aniversário

A cerimónia de comemoração dos 30 anos do INETE aconteceu a 27 de setembro e teve como anfitriões dois alunos da instituição – Diogo e Márcia.

Recuperaram-se memórias do passado, avivaram-se acontecimentos presentes e estipularam-se diretrizes para o futuro desta instituição do Grupo Ensinus. E houve ainda tempo para abordar o futuro do ensino profissional.

A cerimónia de comemoração dos 30 anos do INETE começou com um momento musical protagonizado pelo aluno, Luís Martins. O estudante do INETE, que se fez acompanhar por uma guitarra, demonstrou dotes musicais mas acabou por partir uma das cordas do instrumento, no final da apresentação.

Apesar disso, Luís Martins não se deixou afetar pelo sucedido e, ao longo de toda sessão de aniversário, o modo como o aluno lidou com aquilo que podia ter sido um constrangimento acabou por ser tido como um exemplo.

A Dra. Teresa Damásio, Administradora do Grupo Ensinus, começou por congratular a instituição e todos quanto fazem (e fizeram) parte dela.

Dra. Teresa Damásio a discursar nos 30 anos do INETE

Estamos numa casa onde há multidisciplinaridade, onde há um projeto educativo inclusivo e onde todos os saberes estão inscritos naquilo que esteve na origem da transformação educativa que está a processar-se em Portugal a um ritmo acelerado e que creio deve ser o orgulho de todas as portuguesas e portugueses”, começou por afirmar.

Nós orgulha-nos muito de ver, por exemplo, o nosso estudante que teve um percalço e que imediatamente soube continuar como se nada fosse”, afirmava orgulhosa referindo-se a Luís Martins, – “É isso que nós fazemos aqui todos os dias!”, concluiu.

O discurso da Dra. Teresa Damásio versou ainda sobre as transformações que o INETE sofreu até ao projeto educativo que apresenta hoje – centrado no aluno.

No ano em que a escola atingiu o número recorde de alunos, a administradora do Grupo Ensinus acredita que o INETE e todos os que fazem parte dele estão “a cumprir a missão”.

Conseguimos juntar as hardskills e as softskills e estamos a conseguir fazer o mais difícil: transformar o projeto centrado no aluno”, declarou à Mais Educativa, a Dra. Teresa Damásio.

O INETE está na idade adulta mas aquilo que queremos é que ele continue e que daqui a 30 anos a geração seguinte esteja aqui a celebrar os 60 anos do INETE e que possamos continuar a servir Portugal e a servir a cidade de Lisboa”, conclui.

A Dra. Fernanda Torres, diretora do INETE, também iniciou o discurso com referência a Luís Martins e ao modo como avançou depois de um obstáculo com o qual não contava.

Dra. Fernanda Torres a falar sobre o INETE, na cerimónia de comemoração dos 30 anos da Escola

A diretora do INETE mostrou o primeiro catálogo da oferta formativa profissional da instituição e comparou os números do passado com os do presente, referindo as ambições do futuro.

O INETE é uma partilha constante de experiências, sonhos e concretizações”, foi assim que a Dra. Fernanda Torres definiu a instituição.

O processo de inovação da escola foi também destacado pela diretora que afirmou “temos uma escola moderna, dinâmica e criativa sempre à procura de mais e melhores soluções”.

O INETE pretende que os alunos encontrem na escola a concretização do projeto de vida pessoal e profissional e é essa mudança que a escola tem protagonizado e de onde tem obtido resultados positivos.

A cerimónia de celebração dos 30 anos do INETE contou ainda com a presença do Dr. Jorge Morais, em representação do secretário de Estado da Educação, João Costa.

Estou aqui para vos dar os parabéns e para vos dizer muito obrigado”, foi assim que o chefe de gabinete do secretário de Estado começou por congratular a escola.

Quando olhamos para 30 anos, eu acho que esta escola foi para o bem e ainda é importante que daqui para a frente ela continue a ser para o bem” – afirmou Jorge Morais, fazendo uma alusão à etimologia da palavra “parabéns”.

O chefe de gabinete do secretário de Estado da Educação destacou a autonomia e flexibilidade curricular, a resposta aos anseios vocacionais de cada aluno, a adaptação do curriculum ao aluno, a possibilidade de integrar o mercado de trabalho ou o prosseguimento de estudos e a dignificação que o INETE protagoniza.

Dr. Jorge Morais enquanto dirigia uma mensagem ao INETE

Parabéns, no sentido em que lutam pelo bem destes alunos e das gerações futuras. Parabéns também aos alunos, aos que são e aos que já foram. E que estes alunos possam ser, um dia mais tarde, embaixadores do ensino profissional, embaixadores destas escolas, embaixadores da formação”, terminou o Dr. Jorge Morais.

A cerimónia de comemoração das três décadas do INETE contou ainda com um painel onde se discutiu o futuro do ensino profissional.

A Dra. Francisca Simões, diretora do Departamento de Qualificações de Jovens, ANQEP, e o Dr. José Luís Presa, presidente da ANESPO, destacaram o longo caminho percorrido no Ensino Profissional em Portugal e o modo como estas escolas têm capacidade de se adaptarem às circunstâncias respondendo às necessidades do tecido económico e social.

O Painel 2 da cerimónia enquadrou a relação que o INETE tem com as entidades parceiras.

O Dr. Xavi Pascual, do Riedulab, explicou a capacidade que a escola tem de reimaginar a educação, permitindo aos alunos serem criativos, cooperarem, serem autónomos e aprenderem através da experimentação.

O INETE redesenha a educação”, afirmou o Dr. Xavi Pascual.

Fundamentando a opinião do Dr. Xavi Pascual, os representantes da Midas, da ANECRA, da Arquiconsult e do Visionlab contaram a experiência positivo que as empresas têm com alunos provenientes do INETE.

Antes do final da cerimónia, ouviram-se alguns testemunhos de alunos da escola, que destacaram os pontos positivos do ensino profissional e de fazerem parte de uma instituição com o INETE.

Para finalizar, o Professor Doutor Manuel de Almeida Damásio, Presidente do Conselho de Administração do Grupo Ensinus, discursou e congratulou a escola pelos 30 anos de existência, destacando os desafios do futuro, que a escola vai enfrentar.

À Mais Educativa, o Presidente do Conselho de Administração do Grupo Ensinus, explicou “estamos numa escola nova imposta pelas circunstâncias do presente e cada vez há-de ser mais necessária”.

Os resultados estão à vista pelas intervenções que houve nesta sessão por parte de empresários”, referiu o Professor Doutor Manuel de Almeida Damásio.

O final da cerimónia aconteceu depois com um Porto de Honra oferecido aos convidados.

 

[Imagens: INETE]

Publicidade
Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *