Visite-nos em

Notícias

Adidas quer transformar plástico dos oceanos em 11 milhões de sapatilhas

Sofia Rebanda

Publicado há

em

A marca lançou a medida em 2017. Agora, pretende aumentar a meta deste tipo de produção sustentável para 11 milhões de pares durante 2019.

Desde 2016 que a Adidas trabalha com a Parley for the Oceans – uma organização ambientalista não governamental e sem fins lucrativos – que incentivou à criação da linha Parley. A partir desta linha é possível adquirir t-shirts a partir de 24,95 euros, fatos de banho desde 34,95 euros ou sapatilhas a partir de 111,95 euros. Esta linha vai de encontro aos consumidores mais preocupados com as questões ambientais e com o que compram.

Nos últimos dois anos, a Adidas vendeu seis milhões de sapatilhas produzidas a partir de plástico.

Até 2024, a marca possui o desejo de fabricar todas as suas sapatilhas apenas a partir do plástico que é recolhido nos oceanos e depois reciclado. As t-shirts da marca já são feitas com poliéster à base de petróleo.

Podem ser precisas 11 garrafas para a criação de cada sapatilha. A Adidas vende à volta de 450 milhões por ano. Estas contas representam a recolha de toneladas de lixo que existe nos oceanos (cerca de 270 milhões de toneladas atualmente).

O desejo da Adidas é não ter de utilizar nenhum material plástico novo para a produção.

 

[Foto: Divulgação]

Publicidade
Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *