Connect with us

Lazer & Cultura

Onze obras de Gil Vicente são recriadas em Peça de Teatro

Publicado há

em

Teatro Nacional São João (TNSJ) recria onze obras de Gil Vicente num teatro dinâmico, para facilitar o ensino destas obras aos estudantes. Esta peça encontra-se em exibição nos dias 30 e 31 de março e tem lugar no Teatro Carlos Alberto (TeCA), no Porto.

Gil Vicente, visitações aglomera numa peça de tetro, um conjunto de múltiplas e diferentes abordagens – reescrituras, releituras, ocupações, remontagens, inspirações, descobertas, ensaios, discussões, encontros, visitações – a onze obras de Gil Vicente, como Breve Sumário da História de Deus, Auto da Barca do Inferno e A Farsa de Inês Pereira. Este espetáculo surge na sequência do reforço da programação do Centro Educativo do TNSJ e tem coordenação artística de Nuno M Cardoso, com o apoio de Manuel Tur, Sara Barros Leitão, Diana Sá e Olinda Favas.

A peça conta com a presença de 151 alunos de nove escolas do ensino básico e secundário do Porto, Vila Nova de Gaia, Matosinhos e Chaves. No dia 30, as apresentações dividem-se em dois momentos – das 10h às 13h e das 14h às 17h – e no domingo, apenas no horário da tarde – das 14h30 às 17h30.

Gil Vicente, visitações comemora os 500 anos da apresentação do Auto da Glória de Gil Vicente à corte de D. Manuel e surge da crença que “o teatro potencia competências importantes no desenvolvimento de crianças e jovens, contribuindo para que sejam cidadãos criativos, críticos e livres”, explica Luísa Corte-Real, coordenadora do Centro Educativo do TNSJ.

Desde novembro de 2018, com o apoio de uma equipa de artistas e formadores do TNSJ, o grupo de alunos e respetivos professores tem desenvolvido o projeto nas nove escolas – Escola EB 2,3 de Vila d’Este, Escola Básica de Leça do Balio, Agrupamento de Escolas do Cerco, Colégio Efanor, Escola Secundária Inês de Castro, Agrupamento de Escolas Clara de Resende, Escola Secundária Dr. Júlio Martins, Colégio do Rosário e Escola Secundária Aurélia de Sousa.

No fim de semana de 1 e 2 de dezembro de 2018, no Mosteiro de São Bento da Vitória (TNSJ), este grupo já se tinha juntado para descobrir, visitar e partilhar o Auto da Lusitânia, de Gil Vicente, num ateliê dirigido pelos artistas convidados e também pelo encenador Nuno Carinhas e a coreógrafa Joana Providência.

O Teatro Nacional São João (TNSJ) é, desde 2007, uma Entidade Pública Empresarial, assumindo ainda a responsabilidade da gestão de mais dois espaços culturais da cidade do Porto: Teatro Carlos Alberto e Mosteiro São Bento da Vitória. O TNSJ é o único membro português na União dos Teatros da Europa (UTE), organização que congrega alguns dos mais importantes teatros públicos do espaço europeu, integrando o Conselho de Administração da entidade.

 

[Foto: Divulgação]

Publicidade
Clica para comentar

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Publicidade

Artigos recentes

Publicidade

Noticias

Publicidade