Connect with us

Novidades

Queres ser um agente de mudança?

Avatar

Publicado há

em

Promove comportamentos de cidadania ativa, de inclusão social e de solidariedade, e discute temas prioritários para a promoção de melhores políticas para a juventude a nível europeu, com o programa A(gentes) M. – Agentes de Mudança.

A Fundação da Juventude e a Câmara Municipal de Santa Maria da Feira, com o apoio do Erasmus+, Juventude em Ação, já abriram inscrições para o programa A(gentes) M. – Agentes de Mudança. Aberto a jovens entre os 13 e 30 anos, conta com um programa de cidadania ativa através do qual serão realizadas quatro sessões a 12 março, 9 de abril, 7 de maio e 2 de julho, que serão dinamizadas com metodologias de educação não-formal e promovendo o trabalho em grupo e a reflexão e aprendizagens individuais e coletivas.

Durante as várias sessões, os jovens terão a oportunidade de trabalhar conceitos do domínio da cidadania e da inclusão social, a capacitação dos jovens e a criação de redes de partilha e cooperação. Pretende-se, assim, promover uma uma abordagem centrada nos direitos e deveres enquanto cidadãos, no incentivo a uma cidadania ativa, onde todos os jovens são chamados a participar. Com recurso à metodologia de educação não formal, os jovens serão convidados a trabalhar as suas soft skills e aprofundar o seu conhecimento sobre as políticas da Juventude.

Os resultados das sessões de trabalho serão apresentados nas Jornadas da Juventude: Cidadania Global – Jovens e o Mundo, com a presença de decisores políticos que vão partilhar a sua experiência no âmbito de projetos que dinamizam nos seus territórios, junto dos jovens e que, direta ou indiretamente, promovem competências sociais, comunicacionais e interpessoais que subjazem os comportamentos de cidadania ativa e contribuem para a sua inclusão social e para a solidariedade entre os jovens.

“Serão criados espaços privilegiados para o debate aberto, inclusivo e participativo em formato de jornadas (três dias), onde participarão cerca de 200 jovens até aos 30 anos de idade e decisores políticos, em registo informal e ativo. Neste evento serão trabalhados temas prioritários entre os decisores políticos com vista a obter resultados úteis que sirvam a política da juventude a nível europeu, nos 8 domínios do Diálogo Estruturado: educação e formação; emprego e empreendedorismo; saúde e bem-estar; participação; voluntariado; inclusão social; jovens e o mundo; e inovação e criatividade”, acrescenta Carla Mouro, Presidente Executiva da Fundação da Juventude.

[Foto: Fundação da Juventude]

Publicidade
Clica para comentar

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *