Connect with us

Ciência & Tecnologia

E tu, será que tens ‘selfitis’?

Publicado há

em

Uma equipa de investigadores da Universidade de Nottingham Trent e da Escola de Administração de Thiagarajar (Índia) concluiu que a compulsão para tirares fotos a ti própri@ pode ser considerada um distúrbio.

‘Selfitis’ é o nome da desordem que afeta todos os que, inconscientemente, se sentem obrigados a publicar continuamente imagens de si próprio nas redes sociais. O conceito remonta a 2014, altura em que surgiram histórias que afirmavam que esta condição deveria ser classificada como uma desordem mental pela American Psychiatric Association, e que as pessoas que dela padeciam deveriam procurar ajuda.
E se essas histórias acabaram por ser consideradas falsas, a verdade é que agora um grupo de investigadores recuperou o conceito e, depois dos resultados dos estudos que fez, diz acreditar que ele existe.

Para isso, realizou uma experiência onde participaram 225 voluntários em focus group, e mais 400 através de um questionário, que serviram para determinar os indicadores deste distúrbio numa escala de 1 a 100. A amostra escolhida foi composta exclusivamente por cidadãos indianos, que é o país com maior número de utilizadores de Facebook a nível mundial, e também aquele que apresenta o maior número de mortes resultantes da tentativa de tirar selfies em locais perigosos. As descobertas, que foram entretanto publicadas, foram divididas em três níveis:

Borderline – tirares fotos a ti própri@ pelo menos 3 vezes por dia, sem as publicares nas redes sociais;
Agudo – tirares fotos a ti própri@ pelo menos 3 vezes por dia, publicando-as nas redes sociais;
Crónico – teres uma vontade incontrolável de tirar fotografias e de as publicar nas redes sociais, mais de 6 vezes por dia.

Estes investigadores descobriram que quem tem ‘selfitis’ precisa de atenção, carece muitas vezes de auto-confiança, e espera melhorar a sua posição social e sentir-se parte de um grupo, publicando imagens de si própri@ nas redes sociais.

A equipa desenvolveu ainda um teste que permite a toda a gente aferir o seu grau de ‘selfitis’. Para o completares, basta-te classificar cada uma das 20 afirmações seguintes de 1 a 5, e somar tudo no final. Quanto mais próximo de 100 estiveres, mais grave é o teu nível de ‘selfitis’:

1 – Tirar selfies faz-me sentir melhor onde estou;
2 – Partilhar as minhas selfies cria uma competição saudável com os meus amigos e colegas;
3 – Ganho imensa atenção quando partilho selfies nas redes sociais;
4 – Quando tiro selfies fico menos stressado;
5 – Sinto-me confiante quando tiro selfies;
6 – Sinto-me mais aceite no meu grupo quando tiro selfies e as partilho nas redes sociais;
7 – Expresso melhor as minhas sensações através de selfies;
8 – Tirar fotos em diferentes poses aumenta o meu status social;
9 – Sinto-me mais popular quando publico selfies nas redes sociais;
10 – Tirar selfies melhora o meu estado de espírito e faz-me sentir feliz;
11 – Torno-me mais positivo em relação a mim próprio quando tiro selfies;
12 – Torno-me um membro forte de qualquer grupo social quando tiro e publico selfies;
13 – Tirar selfies ajuda-me a guardar memórias das ocasiões e das experiências;
14 – Publico selfies frequentemente para obter mais likes e comentários nas redes sociais;
15 – Quando publico selfies, espero a avaliação dos meus amigos;
16 – Tirar selfies altera instantaneamente o meu estado de espírito;
17 – Tiro mais selfies e vejo-as em privado para aumentar a minha confiança;
18 – Quando não tiro selfies, sinto-me deslocado do meu grupo de pertença;
19 – Tiro selfies como troféus para memória futura;
20 – Uso ferramentas de edição para melhorar as minhas selfies.

[Fonte: Shifter]

Publicidade
Clica para comentar

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Publicidade

Artigos recentes

Publicidade

Noticias

Publicidade