Connect with us

Ciência & Tecnologia

Eles ensinam-te a ser o melhor no School Leader VID!

Publicado há

em

Que a Angie Costa e o Paulo Sousa são os embaixadores do Programa School Leader VID já tu sabias. Mas eles não quiseram deixar-te sozinh@ enquanto tentas fazer o melhor vídeo do passatempo, e dão-te aqui dicas profissionais para que os prémios finais sejam teus!

Os segredos para fazeres um bom vídeo de 60 segundos
A Angie Costa e o Paulo Sousa concordam num ponto: Precisas de ser tu mesmo, de ser genuíno! O Paulo diz mesmo que “quem vê e acompanha muitos youtubers facilmente consegue perceber se o youtuber está, ou não, a fazer um frete”, e que por isso é essencial fazeres o teu vídeo com gosto e autenticidade. A Angie acrescenta que deves “falar ou fazer algo que possa despertar o interesse de todos, sejam mais novos ou mais velhos, rapazes ou raparigas”.

Depois, tendo em conta que o teu vídeo pode ter no máximo 60 segundos, o Paulo Sousa aconselha-te a “evitar os tempos mortos e a fazer vários jump-cuts” – os chamados cortes rápidos.

Antes de começares a filmar
Pega num caderno e aponta os tópicos do teu vídeo! É o que te aconselham estes dois youtubers, que te pedem para “evitares improvisar demasiado” para que não fiquem de fora do teu vídeo partes importantes. O Paulo Sousa recomenda-te inclusivamente a teres “alguém de fora” a ajudar-te nesse processo que “não é um bicho de sete cabeças mas também não é canja”.
Depois disso, a Angie Costa costuma “escolher um cenário, ver se a câmara tem bateria, fazer o foco, testar o microfone e filmar!”

Durante as filmagens
A primeira regra sagrada para o Paulo Sousa é muito simples: “O vídeo tem de ser filmado SEMPRE na horizontal!” Depois, ambos lembram que é preciso “cuidado para não sair do foco” e “atenção ao microfone e à qualidade de som”. No primeiro caso, porque pode ficar sem bateria e, se não te aperceberes, ficas com o vídeo estragado; no segundo caso, pessoas a mexer em tachos, máquinas de lavar a trabalhar ou carros a passar na rua porque a janela ficou aberta são clássicos na vida de um youtuber que deves evitar ao máximo que te aconteçam.

Edição: sim ou não?
Será que editar o vídeo é estritamente necessário? E no caso de o fazeres, que truques podes utilizar na edição para melhorar o resultado final?
É claro que podes na mesma ter um vídeo sem o editares, mas uma boa edição pode, como diz o Paulo Sousa, “colocá-lo noutro patamar”. Este youtuber defende que “não tens de ser um profissional, mas os jump-cuts, uma imagem clean (evitando fundos com muita informação) e cores sempre vivas” vão resultar numa edição cuidada e à medida do teu vídeo.
A Angie Costa dá-te uma dica final: Tem atenção “ao tempo dos cortes, para não ficarem desfasados, e aposta numa boa apresentação do que estás a fazer!”

Torna o teu vídeo viral!
Por fim, a divulgação. Como é que se torna um vídeo o mais viral possível? A Angie diz que “mal saia um vídeo novo no meu canal, divulgo-o nas minhas redes sociais todas, e – muito importante – faço instastories antes que o vídeo saia, dizendo as horas a que vai sair, e depois também depois do vídeo estar online.”
O que o Paulo Sousa tem a dizer é sensivelmente o mesmo: “Partilha em todo o lado!” Se queres que o vídeo chegue ao maior número de pessoas, usa todas as tuas redes sociais. E diz mais: “Achas que tens amigos que não se importavam de partilhar o teu vídeo? Aposta nisso! Mas tem cuidado com o spam, porque ninguém gosta de publicidade agressiva. É preciso ter moderação.”

Publicidade
Clica para comentar

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Publicidade

Artigos recentes

Publicidade

Noticias

Publicidade