Visite-nos em

MeTube

Dois brancos e um preto

Publicado há

em

O nome fala por si e dispensa apresentações. Dois Brancos & Um Preto é um projeto que surgiu no seio de uma amizade entre youtubers – dois que são brancos (Nurb e Pakistan) e um preto (Conguito) – com alguns copos à mistura! Começando com improvisos, humor e muito talento, eles juntaram-se para aproveitar o melhor da música popular portuguesa e revolucionarem o “pimba” numa onda de trap e hip hop. O resultado foi o álbum Trap Pimba, que até teve direito à participação da… Lili Caneças!

Numa conversa recheada de ironia, os Dois Brancos & Um Preto estiveram a falar da sua história e a fizeram-nos rir como mais ninguém sabe.

Quem são vocês?
Conguito – É um projeto nosso, Nurb, Conguito e Paki, em que juntamos o melhor da música popular portuguesa com instrumentais trap e hip hop, assim numa onda a que não estamos habituados a ouvir, e com uma letra pimba.
Nurb – Estávamos juntos num hotel e, depois de uns copos a mais, decidimos pôr um instrumental de hip hop e começámos a cantar músicas pimba. Esse vídeo foi parar ao YouTube, nós achámos que era um ‘ganda conceito e olha… pelos vistos era mesmo!

Vocês são youtubers e fazem vídeos humorísticos…. como foi explorar este lado mais musical?
Nurb – Nós sempre gostámos muito de hip hop e sempre fizemos improvisos quando estávamos juntos. Era uma brincadeira nossa pôr um instrumental e começar a rappar à toa, e eu acho que era um bocado inevitável fazermos um projeto nesse sentido, mais tarde ou mais cedo. Acabou por sair o Trap Pimba e correu bem!

Vocês também disseram que algumas pessoas não percebiam o conceito… Como lidam com isso?
Paki – Essas pessoas têm de existir, não podem ser só coisas boas. Até porque eu gosto muito de coisas que odeio.
Nurb – O que eu tenho a dizer aos haters é: Oiçam o álbum e deem-lhe uma segunda oportunidade. Se não gostarem, pelo menos é mais uma visualização que nos dão.
Conguito – Mas nós nem ganhámos dinheiro com isto… Disponibilizámos o álbum para download gratuito e colocámo-lo em todas as plataformas. Nós é que pagámos para ele estar lá!

Algumas das vossas influências são a Ágata e o Tony Carreira, só para dar dois exemplos. De todos, quem é a vossa maior inspiração?
Conguito – É sem dúvida o grande Quim Barreiros. Ele é a maior influência para nós e todos nós curtimos bué música popular portuguesa. Não foi assim tão fácil juntar temas e letras que fizessem sentido e conjugá-los em medleys. E há uma grande panóplia a ser explorada!

Qual o conselho que dão aos jovens que gostavam de ser youtubers de sucesso?
Nurb – Sinceramente acho que não sou a pessoa certa para dar conselhos para ser youtuber… Acho que o truque, para mim, é fazer o que me apetece!
Paki – Basicamente façam, não estejam à espera de aprovação. Façam aquilo que curtem!

Como é que surgiu a ideia de convidarem a Lili Caneças?
Conguito – A Lili Caneças foi muito importante para nós, para toda a projeção e natureza do grupo. Ela já me seguia no Instagram e andávamos a trocar likes. Uma vez em que estávamos os três em convívio, começámos a pensar numa participação especial. Depois de termos refletido durante 30 segundos, mandámos uma mensagem para o Instagram e ela respondeu a dizer Liga-me!, com o número de telemóvel dela.

A tia Lili continua a ser vossa vizinha ou já mudou de casa? O contacto mantém-se?
Conguito – Claro, nós vamos ter uma surpresa um dia destes… Foi muito giro e ela claramente continua a ser minha vizinha. Mandou-me uma mensagem a dizer – Olá Fábio, para o ano vamos à Eurovisão!

Vocês fazem todos vídeos de comédia… mas qual de vocês é o mais engraçado?
Paki – Sou eu! Mas eu também sigo outros youtubers aos quais acho graça, como por exemplo o Kazzio…
Nurb – Sem dúvida que eu sou o mais sério dos três, porque às vezes é preciso também puxá-los um bocado à terra.

E tu, Conguito, pareces ser o mais confiante…
Conguito – Isso é porque sou preto. Sou a estrela! Sou a Beyoncé deste grupo que são as Destiny’s Child!

E no futuro, pensam fazer algo original?
Paki – Ya, já temos umas ideias em mente sobre o próximo álbum.
Conguito – Shiuu! A surpresa é a alma do negócio… aliás, o segredo!

[Entrevista: Mariana Morais]
[Fotos: Marileuza Injai e Dois Brancos & Um Preto @ Facebook]

Publicidade
Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Trending

PGlmcmFtZSB3aWR0aD0iMTAwJSIgaGVpZ2h0PSIxMDAlIiBzcmM9Imh0dHBzOi8vd3d3LnlvdXR1YmUuY29tL2VtYmVkL3ExY3hNUW90YnZRIiBmcmFtZWJvcmRlcj0iMCIgYWxsb3dmdWxsc2NyZWVuPjwvaWZyYW1lPg==