Connect with us

Futurália 2017

“O Ensino Profissional é uma primeira escolha”

Publicado há

em

O Secretário de Estado do Emprego, Miguel Cabrita, esteve na Futurália para assinalar a importância do Ensino Profissional e do trabalho do Instituto do Emprego e Formação Profissional. A Mais Educativa conversou com ele para perceber por que razão esta é uma via formativa à qual deves prestar atenção.

Porque devem os jovens visitar a Futurália?
Uma feira como a Futurália é muito importante. É uma feira que no ano passado teve 80 mil visitantes e que por isso recebe muitos jovens. E é essencial passar a mensagem de que o Ensino Profissional é uma via que não é uma segunda escolha mas sim uma primeira escolha, porque tem uma ligação com o mercado de trabalho e tem níveis de empregabilidade que são muito positivos para jovens que tenham a vontade de ter, desde cedo, uma ligação com o mundo profissional. O Instituto do Emprego e Formação Profissional tem uma vasta oferta em todo o país, quer em centros próprios quer em centros geridos em articulação com as diferentes associações dos vários setores profissionais.
Esta via profissional não é, de modo algum, uma via de exclusão. Os jovens que a escolherem podem sempre, mais tarde, ir para a universidade e prosseguir os seus estudos.

Hoje em dia, os jovens já olham de forma diferente para o Ensino Profissional?
Há vários anos que o país traçou a meta de ter cada vez mais alunos deste tipo de ensino, até chegar aos 50% de jovens em vias profissionalizantes, porque elas são excelentes para preparar a entrada no mercado de trabalho e também para combater o abandono escolar, porque estes meios mais práticos são muito bons a motivar e a cativar os jovens para o estudo.
Em eventos como a Futurália, procuramos dar mais visibilidade ao Ensino Profissional e passar a mensagem de que também aqui os jovens podem encontrar qualidade e uma alternativa tão viável como qualquer outro tipo de ensino. E para a sociedade portuguesa, que tem nesta geração a mais qualificada de sempre, mas que ainda não é tão qualificada como as de outros países. Ainda há muita gente a abandonar os estudos e nós temos de reverter esse caminho, quer seja pela via académica, quer seja pela via profissional, para que o país possa ter mais pessoas qualificadas e para que as empresas também as possam empregar. Mas acima de tudo, para que cada jovem tenha as oportunidades de vida que ambiciona, e que só terá através da formação.

Importa por isso, durante a visita à Futurália, explorar o espaço do IEFP?
O IEFP é uma entidade liderante da formação profissional em Portugal e é imbatível no know-how e na diversidade de oferta e de parcerias. É o serviço público de emprego e de formação e há muitas décadas que assume este papel de modernização deste tipo de ensino. E é um trabalho essencial porque tem qualidade, e isso reflete-se nos trajetos que as pessoas conseguem fazer após terminarem a sua formação.

[Fotos: Mais Educativa]

Publicidade
Clica para comentar

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Publicidade

Artigos recentes

Publicidade

Noticias

Publicidade