Connect with us

MeTube

“O YouTube é a minha primeira casa”

Publicado há

em

A Inês Mocho é uma das maquilhadoras mais conhecidas do país, muito por culpa dos fantásticos vídeos que podes encontrar no seu canal de YouTube. Nomeada para “Melhor Vlogger do ano”, deu-nos esta entrevista exclusiva, que inclui boas dicas para a tua makeup!

És maquilhadora profissional, já lançaste um livro e tens um canal de YouTube. Como é que tudo começou?
Tudo começou quase que diria de “mão dada”. Comecei no mundo da maquilhagem em 2010, e fui tirar um curso porque seguia muitas maquilhadoras internacionais com canais de YouTube, e percebi que havia uma lacuna em Portugal. Fiquei chocada com o quão distantes estávamos da realidade internacional, e vi uma oportunidade.
A partir daí, o meu canal de YouTube começou por ser feito à base de vídeos de demonstração de maquilhagem e de tutoriais, muito na onda do que era feito lá fora. Entretanto, percebi que as pessoas também querem ver outras coisas, não só de maquilhagem mas também de moda. Querem conhecer quem está do outro lado a ensiná-las.

Vê-se que gostas de um registo mais descontraído. Como planeias o teu conteúdo no YouTube?
Tento sempre, no início de cada mês, ver que compromissos profissionais tenho, e quais marcas que me apoiam e que, naquele momento em concreto, têm produtos para eu divulgar. Depois olho para duas coisas: a atualidade e os pedidos de quem me segue. Faço o primeiro esboço logo no início do mês, para ajudar a estruturar, e depois vou fazendo ajustes.
De resto, há pormenores importantes. Por exemplo, se quiser fazer um vídeo no exterior, convém ter atenção à altura do dia em que gravo, por causa da luz solar. Depois, preciso sempre de saber com quem posso contar para, naquele dia, me ajudar nas filmagens.

“Há três passos muito rápidos para uma maquilhagem matinal: Depois do tratamento facial, utilizar um bbcream ou cccream, um blush em creme, e terminar com uma máscara de pestanas.”

Quanto tempo demoras desde que gravas, até pores o vídeo no ar?
Tenho pessoas que trabalham para mim e que me ajudam no que é necessário. Eu adoro editar e sou quase sempre eu quem trata dos meus vídeos, porque é algo que me dá gozo. Ter outra pessoa a editar nem sempre é bom, porque corremos o risco de que os vídeos fiquem “sem alma” e sem o nosso cunho. Normalmente, quando estou a gravar já sei onde vou querer fazer os cortes, quer seja para dar ritmo ou para abrandar, ou ainda para fazer certos efeitos.
Um vídeo de 5 minutos demora entre um e três dias a gravar, tudo depende da complexidade que queremos dar ao vídeo. Também há vídeos mais rápidos e básicos de fazer, que demoram cerca de 3 a 4 horas desde o momento em que pousas o tripé no chão até teres o vídeo pronto para publicar. Adoro câmaras e é um vício estar sempre a comprar material novo! O meu objetivo é sempre que as pessoas que estão do outro lado sintam que estão a assistir a um bom produto.

Daquilo que é a tua experiência, que conselhos poderias dar aos jovens que queiram ter um canal no YouTube?
Eu acho que há muita tendência de nos agarrarmos demasiado ao que vemos, e acabamos por seguir o que vemos e não o que somos. E nada vai dar mais brilho ao canal do que a nossa personalidade! O mais importante é não fazer algo forçado, e mostrar a personalidade de quem está do outro lado. Essa é a alma do negócio! Temos de falar do que gostamos e pôr paixão nisso, mostrar-nos e deixar cair a “máscara”.
É igualmente importante cativar as pessoas pela regularidade. O ideal é colocar dois vídeos por semana, seguindo até a técnica da televisão e fixando o mesmo dia e hora para todos os conteúdos, porque essa habituação reflete-se em mais público.

u51a4846Como tem sido a tua relação com o teu público? Alimentas muito esse contacto?
Acho que é muito importante envolvermo-nos! Para mim, a melhor forma de responder às pessoas é o Snapchat. É uma forma de ver os comentários e de falar com as pessoas muito rapidamente!
Esta interação é absolutamente fundamental. Não queremos que a pessoa fique desiludida por estar constantemente à nossa procura e a tentar falar connosco, e sentir que não consegue. O que torna o YouTube realmente apelativo, ao contrário da televisão, é que ali estão pessoas reais e próximas, como tu, como eu, como a minha vizinha do lado. Se não tivermos isso, perdemos rapidamente o encanto.

Fugindo agora ao YouTube… Para ti, o que é uma mulher bem maquilhada?
Uma boa maquilhagem é aquela em que nós olhamos para a pessoa e achamos que ela está muito bonita. Hoje em dia, cada vez mais a naturalidade é o mais importante, o que não quer dizer que se utilize pouca maquilhagem, mas sim saber exatamente o que nos favorece, valorizando aquilo que de bom temos.

Relativamente às jovens estudantes, o que achas que elas devem usar no dia a dia na escola?
Primeiro que tudo, essa é uma altura muito cruel para a nossa pele, porque normalmente temos borbulhas! O mais fácil é colocar muita maquilhagem no rosto para tapar, e essa é a pior coisa que podemos fazer. Devemos ter muito cuidado com a nossa pele, fazer todas as limpezas adequadas, hidratá-la bem e, assim, dificilmente vamos precisar de tanta maquilhagem. O segundo conselho é utilizar uma maquilhagem fresca e leve, correspondente à nossa idade.
Há três passos muito rápidos para uma maquilhagem matinal: Depois do tratamento facial, utilizar um bbcream ou cccream, um blush em creme, e terminar com uma máscara de pestanas.

ID
Nome: Inês Mocho
Idade: 28
Ocupação: Maquilhadora profissional
Perco tempo na net com: Vídeos de maquilhagem
O melhor youtuber: Desi Perkins

[Entrevista: Tiago Belim com Filipa Almas]
[Fotos: What About Business]

Publicidade
Clica para comentar

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Publicidade

Artigos recentes

Publicidade

Noticias

Publicidade