Connect with us

Novidades

43 mil euros em bolsas para recuperação escolar

Avatar

Publicado há

em

A EPIS – Empresários pela Inclusão Social acaba de lançar uma nova edição das Bolsas Sociais, um programa que premeia boas práticas de inclusão social e o mérito académico.

O programa, que entra agora na 6ª edição, representa um investimento global de mais de 43 mil euros por parte de 15 entidades investidoras, e pretende dar estímulo e apoio a jovens em risco de insucesso ou de abandono.

Em 2016, há 11 categorias de bolsas a atribuir, envolvendo processos de candidatura e critérios de seleção distintos:

Boas práticas Organizativas
Categoria 1 – BP Portugal, Fundação AGEAS – Agir com coração e Fundação PT. Boas práticas organizativas de inclusão social em escolas do Continente, Açores e Madeira, com Ensino Secundário ou com cursos profissionais de nível de qualificação equivalente. Premiadas 3 escolas, uma com 2 bolsas de 400 euros e outra com 1 bolsa de 400 euros, durante 3 anos, destinadas a apoiar alunos que estejam a iniciar estudos no 10º ano de escolaridade, ou equivalente, em 2016/2017.
Categoria 2 – Deloitte, Servier e VHumana. Boas práticas organizativas de promoção da inclusão social de jovens carenciados e/ou em abandono escolar através da Educação, Formação e Inserção Profissional. Premiadas 3 escolas ou outro tipo de instituição, cada uma com 2 bolsas de 400 euros, durante 3 anos, destinadas a (1) apoiar alunos carenciados e/ou com histórico de abandono no seu percurso educativo, formativo ou de inserção profissional em 2016/2017 ou, por decisão excecional do Júri ou a (2) apoiar o lançamento ou expansão de projetos relacionados de elevado mérito.
Categoria 3 – Nutriventures. Boas práticas organizativas de promoção de bons hábitos alimentares. Premiada 1 escola com 2 bolsas de 400 euros, durante 3 anos, destinadas a (1) apoiar alunos prioritariamente acompanhados pela EPIS no programa “Mediadores para o sucesso escolar”, que tenham terminado o 9º ano de escolaridade com sucesso em 2015/2016 e que estejam a iniciar estudos no 10º ano de escolaridade, ou equivalente, em 2016/2017 ou, por decisão excecional do Júri ou a (2) apoiar o lançamento ou expansão de projetos relacionados de elevado mérito.

Mérito Académico no 9º ano de escolaridade
Categoria 4 – Repsol. Mérito académico no Ensino Secundário, nos concelhos de Lisboa, Matosinhos e Sines. Premiados com 1 bolsa de 400 euros, durante 3 anos, 7 alunos de escolas do concelho de Lisboa, Matosinhos e Sines, prioritariamente acompanhados pela EPIS no programa “Mediadores para o sucesso escolar”, que tenham terminado o 9º ano de escolaridade com sucesso em 2015/2016 e que estejam a iniciar estudos no 10º ano de escolaridade, ou equivalente, em 2016/2017.
Categoria 5 – Cofaco Açores. Mérito académico no Ensino Secundário, na Ilha do Pico, Açores. Premiados com 1 bolsa de 400 euros, durante 3 anos, 2 alunos de escolas da Ilha do Pico, Açores, prioritariamente acompanhados pela EPIS no programa “Mediadores para o sucesso escolar”, que tenham terminado o 9º ano de escolaridade com sucesso em 2015/2016 e que estejam a iniciar estudos no 10º ano de escolaridade, ou equivalente, em 2016/2017.
Categoria 6 – Fertagus. Mérito académico no Ensino Secundário, nos concelhos de Almada, Seixal e Setúbal. Premiados com 1 bolsa de 400 euros, durante 3 anos, 2 alunos de escolas dos concelhos de Almada, Seixal e Setúbal, prioritariamente acompanhados pela EPIS no programa “Mediadores para o sucesso escolar”, que tenham terminado o 9º ano de escolaridade com sucesso em 2015/2016 e que estejam a iniciar estudos no 10º ano de escolaridade, ou equivalente, em 2016/2017.
Categoria 7 – Grupo Generg. Mérito académico no Ensino Secundário, nos concelhos de Castelo Branco e de Oleiros. Premiados com 1 bolsa de 400 euros, durante 3 anos, 2 alunos de escolas dos concelhos de Castelo Branco e Oleiros que tenham terminado o 9º ano de escolaridade com sucesso em 2015/2016 e que estejam a iniciar estudos no 10º ano de escolaridade, ou equivalente, em 2016/2017.
Categoria 8 – Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol. Mérito académico no Ensino Secundário, na área de Desporto. Premiados com 1 bolsa de 400 euros, durante 3 anos, 2 alunos prioritariamente acompanhados pela EPIS no programa “Mediadores para o sucesso escolar”, que tenham terminado o 9º ano de escolaridade com sucesso em 2015/2016 e que estejam a iniciar estudos no 10º ano de escolaridade, ou equivalente, em 2016/2017, na área de Desporto.
Categoria 9 – Vitacress. Mérito académico no Ensino Secundário, nos concelhos de Odemira (Beja) e Loulé (Faro). Premiados com 1 bolsa de 400 euros, durante 3 anos, 2 alunos de escolas do concelho de Odemira ou de Loulé que tenham terminado o 9º ano de escolaridade com sucesso em 2015/2016 e que estejam a iniciar estudos no 10º ano de escolaridade, ou equivalente, em 2016/2017.

Mérito Académico no 12º ano de escolaridade
Categoria 10 – Grupo Pestana. Bolsas de mérito para o ensino pós-secundário. Premiados com 1 bolsa de 800 euros, 3 alunos prioritariamente acompanhados pela EPIS no programa “Mediadores para o sucesso escolar”, que tenham terminado o 12º ano de escolaridade com sucesso em 2015/2016 e que estejam a iniciar estudos pós 12º ano de escolaridade em 2016/2017. A duração da bolsa varia entre 1 e 3 anos em função de frequência de Curso de Especialização Tecnológica (CET) ou de Curso Superior, respetivamente.
COMUNICADO
Categoria 11 – Soroptimist International Clube Lisboa Caravela. Bolsa de mérito para raparigas no acesso ao Ensino Superior. Premiada com 1 bolsa de 1000 euros, durante 3 anos, 1 aluna prioritariamente acompanhada pela EPIS no programa “Mediadores para o sucesso escolar”, que tenha terminado o 12º ano de escolaridade com sucesso em 2015/2016 e que esteja a iniciar estudos na universidade em 2016/2017.

Desde 2011, a EPIS distinguiu 42 escolas e instituições pelas boas práticas de inclusão social, premiando 104 alunos, num investimento de cerca de 150 mil euros e com a participação de 58 investidores sociais. O modelo EPIS de recuperação de alunos em risco de abandono e insucesso escolares envolve, atualmente, 143 profissionais em 166 escolas públicas.

As candidaturas devem ser submetidas até ao final do dia 20 de setembro de 2016, através deste link.

[Foto: EPIS – Empresários pela Inclusão Social]

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Artigos recentes

Publicidade

Noticias

Publicidade

Publicidade

PGlmcmFtZSAgc3R5bGU9ImRpc3BsYXk6IGJsb2NrOyBtYXJnaW46IDBweCBhdXRvOyIgIGlkPSJfeXRpZF8zNzk4OCIgIHdpZHRoPSI0OTAiIGhlaWdodD0iMjc2IiAgZGF0YS1vcmlnd2lkdGg9IjQ5MCIgZGF0YS1vcmlnaGVpZ2h0PSIyNzYiIHNyYz0iaHR0cHM6Ly93d3cueW91dHViZS5jb20vZW1iZWQvUmdEV0xqV1I5LWs/ZW5hYmxlanNhcGk9MSZhdXRvcGxheT0xJmNjX2xvYWRfcG9saWN5PTEmcmVsPS0xJml2X2xvYWRfcG9saWN5PTEmbG9vcD0wJm1vZGVzdGJyYW5kaW5nPTAmZnM9MSZwbGF5c2lubGluZT0wJmF1dG9oaWRlPTImdGhlbWU9ZGFyayZjb2xvcj1yZWQmY29udHJvbHM9MSYiIGNsYXNzPSJfX3lvdXR1YmVfcHJlZnNfXyBuby1sYXp5bG9hZCIgdGl0bGU9IllvdVR1YmUgcGxheWVyIiAgYWxsb3c9ImF1dG9wbGF5OyBlbmNyeXB0ZWQtbWVkaWEiIGFsbG93ZnVsbHNjcmVlbiBkYXRhLW5vLWxhenk9IjEiIGRhdGEtc2tpcGdmb3JtX2FqYXhfZnJhbWViamxsPSIiPjwvaWZyYW1lPg==