Connect with us

Novidades

“Energia é ISEL”

Publicado há

em

Já está a decorrer a 1ª edição da ISEL Energy Week, uma iniciativa que te coloca em contacto direto com as diferentes formas de produção de energia, numa troca de experiências com alunos, docentes e engenheiros desta área.

“Energia é ISEL” é uma frase da autoria do Presidente da Área Departamental de Engenharia Eletrotécnica de Energia e Automação, Jorge Sousa, que recebeu os alunos participantes no dia de abertura da ISEL Energy Week. Até sexta-feira, estudantes do Ensino Secundário e do Ensino Superior vão visitar várias centrais energéticas, das convencionais – a carvão e a gás – a outras fontes de energia renováveis que serão o futuro do nosso sistema elétrico, como o painel fotovoltaico de Moura ou a barragem do Alqueva. Tudo com uma forte componente prática que é difícil de encontrar em contexto de aula.

FullSizeRender1Jorge Sousa diz que a ISEL Energy Week existe para “ajudar os estudantes do Ensino Secundário a formar opinião sobre a energia”, mas também para proporcionar “um momento lúdico em tempo de férias, onde se podem divertir”. Há ainda “uma componente forte relacionada com o Ensino Superior – com alunos e docentes – e empresas que colocam quadros seus nestas atividades, proporcionando a troca de experiências entre todos, em equipas mistas e ao longo de várias provas”.
O objetivo principal desta semana é fazer com que os jovens vejam “as fontes de energia a chegar às fábricas e a serem transformadas, bem como tomar contacto com as energias renováveis, tão importantes na nossa casa, na indústria e nos serviços”.

No final da semana, cada equipa terá de responder a um inquérito, composto por questões relacionadas com os vários espaços visitados. Eduardo Eusébio, Professor do Departamento de Engenharia Eletrotécnica e responsável pela organização do evento, disse à Mais Educativa que para os vencedores haverá o benefício extra de “ganharem direito a uma bolsa de estudo, que se materializa num ano de isenção de propinas, num curso de licenciatura ou mestrado no ISEL”.

FullSizeRenderAo longo do primeiro dia desta iniciativa, os estudantes puderam visitar o Museu da Eletricidade, que foi em tempos uma fábrica. Entre muitos outros pormenores e curiosidades, os guias do Museu explicaram aos alunos que neste espaço se produzia energia através do calor, com uma grande quantidade de carvão a aquecer a água, originando um vapor cuja força fazia movimentar as turbinas, produzindo assim energia elétrica.
Pelo meio, os alunos tiveram também algum contacto com o que era a componente hídrica desta central e, no final, puderam divertir-se com algumas das experiências que o Museu proporciona aos seus visitantes.

 

 

 

FullSizeRender4Na parte da tarde, e constituídas as equipas que vão participar na semana de atividades, houve lugar a uma demonstração de um simulador de voo na secção do Laboratório de Máquinas, ao qual os jovens aderiram com entusiasmo, bem como apresentações de modelos desenvolvidos em máquinas, onde os veículos elétricos tiveram papel de destaque.

Existiram ainda algumas apresentações nos Laboratórios de Eletrónica, de Automação e de Energia, e uma breve passagem pelas salas de estudo da Associação de Estudantes, antes da mensagem final de boas-vindas por parte do ISEL.

 

 

 

 

FullSizeRender6Daniel Côrte-Real é aluno do Colégio Marista de Carcavelos, e diz que “queria fazer uma semana de atividades, para conhecer o que a instituição oferece. E o ISEL teve o timing ideal com esta Energy Week. Estou à espera de me divertir, em primeiro lugar, mas também de aprender muito sobre engenharia e sobre energia. Creio que o meu futuro passará mesmo por esta área, em eletrotécnica ou em mecânica.”

Já a Adriana Martins, que estuda na Escola Secundária de Cascais, viu “o panfleto da iniciativa na escola, e como a energia sempre foi uma área que me cativou e porque achei o programa interessante, decidi participar. Acho que vou gostar porque vou ficar com uma ideia melhor daquilo que quero fazer no futuro, e ao ver as coisas na prática vou ter uma nova perspetiva, através das várias visitas de estudo que vamos fazer”.

Mas como também há malta mais crescida, falámos com o universitário Miguel João, aluno de Engenharia Eletrotécnica na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, que quis marcar presença na ISEL Energy Week “pelo interesse em conhecer empresas ligadas ao setor da energia, uma área que está pouco divulgada e da qual pretendo saber mais acerca das possibilidades de emprego. Vou fazer o máximo de perguntas para perceber se é mesmo isto que eu quero para o meu futuro”.

 

No meio dos alunos, as empresas. Luís Teixeira também estudou na área – Engenharia Eletrotécnica na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa – e trabalha agora como Engenheiro de Operações no Departamento de Produção. Para ele, esta será uma semana “extremamente elucidativa para os jovens que estão nas áreas de Engenharia, como também para aqueles que ainda estão no secundário. Vão visitar várias centrais energéticas, das convencionais – a carvão e a gás – a outras fontes de energia renováveis, que serão o futuro do nosso sistema elétrico, como o painel fotovoltaico de Moura ou a barragem do Alqueva. Tudo com uma forte componente prática que é difícil de encontrar nas aulas. Eu gostaria de ter tido esta oportunidade!”

Quem serão os grandes vencedores e o que levarão os jovens desta iniciativa para o seu futuro? No final da semana contamos-te tudo.

[Reportagem e Fotografia: Tiago Belim]

Publicidade
Clica para comentar

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Publicidade

Artigos recentes

Publicidade

Noticias

Publicidade