Visite-nos em

Novidades

Enfermagem é na ESESFM!

Avatar

Publicado há

em

A Escola Superior de Enfermagem S. Francisco das Misericórdias abriu as suas portas aos alunos do Ensino Secundário, para mais uma edição do seu Dia Aberto – Enfermagem é na ESESFM. Se esta é a tua área de eleição e não pudeste estar presente, este é um texto que precisas de ler!

Um dia depois de completar 65 anos de atividade, a Escola Superior de Enfermagem S. Francisco das Misericórdias organizou a 3ª edição do Dia Aberto – Enfermagem é na ESESFM, com o propósito de dar a conhecer a sua oferta formativa, de mostrar o seu campus e as suas instalações, e de divulgar aquela é que é a sua grande mais-valia: a integração da vertente prática desde o primeiro ano da licenciatura.

IMG_0641Depois de divididos em grupos, os alunos visitantes puderam conhecer as instalações da escola e desenvolver um caso prático simples mas digno de um verdadeiro enfermeiro: posicionar corretamente o utente. Para além disso, estiveram à conversa com o Enf. João Paulo Nunes, Diretor da ESESFM, que os introduziu ao mundo da enfermagem de forma informal e descontraída. O curso de formação nesta área tem obrigatoriamente 4600 horas, divididas entre o lado teórico e a prática clínica, e segundo o responsável desta escola, “são precisas pelo menos 2300 horas práticas em contexto de trabalho, e a Escola Superior de Enfermagem S. Francisco das Misericórdias oferece estágios desde o primeiro ano, normalmente na saúde e na maternidade, inseridos num contexto de ensino em alternância.”.

IMG_0647E a experiência prática continua ao longo do curso: no segundo ano, os formandos ocupam-se de pessoas em idade avançada e pessoas dependentes, e de doentes no hospital em serviço de medicina; no terceiro, na pediatria com crianças doentes e na área da saúde mental; no quarto ano, nos cuidados intensivos e na saúde comunitária. Finalmente, no último semestre, podes escolher o teu estágio dentro da área que mais gostaste. Durante todo este tempo, serás sempre acompanhado pela escola.
Esta é, portanto, uma instituição orientada para a empregabilidade. Segundo o Enf. João Paulo Nunes, “ao fim de seis meses, 80% dos alunos estão empregados, e ao fim de oito meses, são mais de 90%”.

A Estefânia Almeida é aluna do 12º ano na Escola Secundária D. Dinis e foi uma das muitas jovens que marcaram presença neste Dia Aberto. Quer ser fisioterapeuta mas encara a enfermagem como “uma segunda opção”, e gostou “da aula prática” que pôde experimentar. Mais importante do que isso, esta iniciativa da ESESFM possibilitou-lhe “compreender melhor o que significa ser enfermeira”.
Um pouco mais tarde conhecemos a Cláudia Oliveira, da mesma escola, que tem o objetivo de ser enfermeira e que “adorou a forma coIMG_0651mo o curso foi apresentado”. Depois deste Dia Aberto, ficou a pensar seriamente em estudar na ESESFM, e acredita que esta escola a tornará “numa pessoa melhor, e com vontade de exercer”.

Da expetativa de quem quer chegar, à experiência de quem está, quem melhor que os alunos da ESESFM para te explicar o que poderás encontrar? A Rita de Matos está no 3º ano de Enfermagem, de momento com aulas teóricas e em vias de iniciar o estágio nas áreas de pediatria e psiquiatria, e acha que os jovens “percebem à chegada que este não é um curso fácil, mas que permite abordar várias áreas e cuidar das pessoas, que é o essencial nesta atividade”.
No final deste dia, garantiu que “esta não é uma escola que facilite, e ainda bem que assim é porque não podemos facilitar quando estamos a cuidar de pessoas. Saímos daqui com muito conhecimento, de forma a sermos os enfermeiros de excelência que a faculdade se orgulha de formar: os melhores de Portugal e, quem sabe, os melhores do mundo!”
[Fotos: Tiago Belim]

Publicidade
Clica para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *